Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior is published by RAIES, the Brazilian Network for Institutional Evaluation of Higher Education, in partnership with the University of Campinas (UNICAMP) and the University of Sorocaba (Uniso). It is a journal committed to the diffusion, exchange and debate of ideas and themes of interest to the academic community. Its priority is to publish papers that address issues related to the institutional evaluation of higher education and to higher education and science and technology policies, in Portuguese, English or Spanish.

News

The Globethics.net library contains articles of Avaliação: Revista da Avaliação da Educação Superior as of vol. 12(2007) to current.

Recent Submissions

  • Análise de dados do Enade e Enem: uma revisão sistemática da literatura

    Lima,Priscila da Silva Neves; Ambrósio,Ana Paula Laboissière; Ferreira,Deller James; Brancher,Jacques Duílio (Publicação da Rede de Avaliação Institucional da Educação Superior (RAIES), da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e da Universidade de Sorocaba (UNISO)., 2019-05-01)
    No Brasil, a entidade responsável por promover estudos, pesquisas e avaliações sobre o sistema educacional é o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep); com o intuito de analisar a Educação Básica, dentre outras avaliações, o Inep aplica o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem); para avaliar a qualidade da educação superior, o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade). A partir das análises dos dados produzidos pela aplicação desses exames, é possível observar o desempenho tanto do estudante quanto das instituições e, assim, calcular indicadores de qualidade que, dentro de um contexto, oportunizarão decisões de melhorias do processo de ensino e aprendizagem. Este trabalho apresenta uma Revisão Sistemática da Literatura (RSL), com o intuito de identificar os objetivos e tipos de análises que têm sido feitos usando os dados dos exames. A revisão mostrou que essas análises são limitadas, geralmente usando estatística descritiva, e focam, principalmente, em dados socioeconômicos e notas dos exames.
  • O Banco Mundial e a contrarreforma da educação superior brasileira no governo Lula da Silva (2003-2010)

    Mota Junior,William Pessoa (Publicação da Rede de Avaliação Institucional da Educação Superior (RAIES), da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e da Universidade de Sorocaba (UNISO)., 2019-05-01)
    Este artigo tem como objetivo central analisar as relações entre as elaborações expressas nos documentos do Banco Mundial para a educação brasileira e a contrarreforma da educação superior executada pelo governo Lula da Silva, no período de 2003 a 2010. Busca também identificar e analisar a concepção e o projeto de educação e de educação superior do Banco Mundial para o Brasil, além de descrever e analisar as políticas que constituem a contrarreforma da educação superior brasileira no governo Lula da Silva (2003-2010) à luz das formulações do Banco Mundial para a educação no período assinalado. Para tanto, o estudo se vale de revisão bibliográfica sobre as políticas de educação superior no Brasil, de análise de documentos oficiais do Banco Mundial que versam sobre a política de educação superior no Brasil e da investigação da legislação educacional referente à contrarreforma mencionada por meio da análise crítica do discurso e da utilização do método do materialismo histórico-dialético. Viu-se que o Banco Mundial cumpriu papel destacado na definição do conteúdo das políticas que constituíram a contrarreforma da educação superior durante o governo Lula da Silva, com o objetivo de ampliar a abertura econômica ao capital privado do setor da educação superior por meio da expansão das IES privadas e para manter um padrão de financiamento público deste nível de ensino que não onerasse o Estado, impulsionando ainda a tendência ao empresariamento do ensino superior público por meio do estabelecimento dos contratos de gestão e das parcerias público-privadas. A concepção bancomundialista de educação terciária se consolida nas políticas de educação superior no período de 2003 a 2010 através de uma série de medidas político-jurídicas que são analisadas, particularmente no que toca aos eixos financiamento, avaliação e parcerias público-privadas. Conclui-se, ainda, que o processo de contrarreforma da educação superior analisado tem como condicionantes mais gerais a crise estrutural do sistema do capital e a reforma neoliberal do Estado brasileiro no contexto de globalização da economia capitalista.
  • Qual é a contribuição do seu trabalho para o desenvolvimento da Ciência e da Tecnologia? (O Mágico e o biscateiro)

    Cafezeiro,Isabel; Rocha,André Campos da; Gadelha,Carmem; Kubrusly,Ricardo (Publicação da Rede de Avaliação Institucional da Educação Superior (RAIES), da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e da Universidade de Sorocaba (UNISO)., 2019-05-01)
    O presente trabalho traz para o campo da matemática algumas considerações sobre as possibilidades das pesquisas brasileiras no desenvolvimento da Ciência e Tecnologia. A partir de uma reflexão sobre o espaço que o mundo reserva aos países como o Brasil que ocupam um lugar não-hegemônico na divisão de tarefas na produção de ciência e tecnologia são apontadas duas alternativas: seguir o rastro de uma ciência dita neutra e universal herdando problemas e soluções formuladas nos centros produtores de ciência e tecnologia, ou voltar os olhos para as questões locais formulando problemas e soluções de acordo com demandas próprias. Argumentando em favor da segunda alternativa, esse texto considera a construção do conhecimento matemático e as possibilidades de produção de matemáticas situadas.
  • A organização de uma revisão de literatura por meio da Tree of Science (Árvore da Ciência): um exemplo sobre a avaliação da pós-graduação

    Patrus,Roberto; Silva,Vinícius Tolentino Oliveira e (Publicação da Rede de Avaliação Institucional da Educação Superior (RAIES), da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e da Universidade de Sorocaba (UNISO)., 2019-05-01)
    O advento da busca por artigos por meio da Web tornou a pesquisa bibliográfica mais rápida e econômica. Difícil, no entanto, é organizar a enorme quantidade de papers que retornam da pesquisa. Embora haja na literatura inúmeros artigos sobre os métodos e técnicas de pesquisa, poucos são os trabalhos que abordam as técnicas de revisão de literatura. Tendo em vista tal lacuna teórica e a dificuldade prática dos estudantes de mestrado e doutorado em organizar o referencial teórico de seus trabalhos acadêmicos, objetivamos com este artigo apresentar uma ferramenta que tem se mostrado útil para a organização da revisão de literatura de teses e dissertações: a Tree of Science (ToS), Árvore da Ciência. Com este recurso, os pesquisadores realizam buscas nas bases de dados da Web Of Science (WOS), criam um arquivo de texto com as referências selecionadas e o submete para a montagem de uma árvore, que classifica as referências encontradas em três níveis, utilizando conceitos da teoria dos grafos, por meio da análise das redes de citações: a raiz, que reúne os artigos seminais; o tronco, que agrega artigos estruturadores; e as folhas, que indica perspectivas de pesquisa, em geral artigos mais recentes. Como forma de trazer um exemplo do uso da ferramenta ToS, realizamos uma busca pelos termos “Avaliação” e “Pós-graduação”. Nossa revisão organizou quatro perspectivas: Avaliação da pós-graduação / Capes, Produtivismo, Avaliação educacional e Produção cientifica. Por meio desse exemplo, o artigo demonstra a utilidade da ToS para a organização da pesquisa bibliográfica.
  • O trabalho do professor na pós-graduação no Brasil após a Lei Nº 9394/1996

    Viana Filho,Marcizo Veimar Cordeiro; Matos,Tereza Gláucia Rocha; Galindo,Melissa Cordeiro Torres; Silva,Roberta da; Vale,Sílvia Fernandes do (Publicação da Rede de Avaliação Institucional da Educação Superior (RAIES), da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e da Universidade de Sorocaba (UNISO)., 2019-05-01)
    A década de 1990 no Brasil foi um momento de grandes transformações no Estado brasileiro, as quais perpassaram desde a discussão do papel do Estado à sua forma de gestão. Nesse contexto, as mudanças impactaram sobre a estrutura educacional brasileira, destacando-se a pós-graduação stricto sensu. A partir da reforma do Estado, e em sintonia com as mudanças oriundas após a implantação da atual Lei de Diretrizes e Bases da Educação, Lei 9394/1996, a pós-graduação assumiu contornos que definiram o contexto de trabalho de atuação dos docentes. Dessa forma, o estudo objetiva analisar as mudanças na pós-graduação no Brasil, a partir da implantação da Lei nº 9394/1996 e sua relação com a normatização do trabalho docente. Foram analisadas fontes documentais produzidas pelo Ministério da Educação - MEC e pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal do Nível Superior - CAPES, a partir da década de 1990, que tinham como matéria a pós-graduação stricto sensu e o trabalho do professor nesse nível. As fontes documentais foram agrupadas em um corpus e submetido à análise no programa de análise textual IRAMUTEQ (Interface de R pour les Analyses Multidimensionnelles de Textes et de Questionnaires), e posteriormente, o corpus foi submetido a uma análise documental histórica. Os resultados demonstraram duas grandes categorias de análise, a educação superior suas finalidades e objetivos e a pós-graduação e normatização do trabalho docente. Na discussão dos resultados, foi observado o percurso de formação da pós-graduação nas últimas duas décadas, segundo um contexto de trabalho historicamente situado e o processo de normatização do trabalho do professor, através de um conjunto de competências e atributos que passaram a lhes ser inerentes. Os docentes passaram a ser enquadrados em três categorias, permanente, visitante e colaborador, diante das quais, erigiram-se as normatizações para o trabalho do professor que podem se constituir em fontes de sofrimento frente à organização do trabalho.
  • Proposta de um modelo de avaliação do nível de engajamento do estudante da modalidade a distância

    Martins,Letícia Martins de; Ribeiro,José Luis Duarte (Publicação da Rede de Avaliação Institucional da Educação Superior (RAIES), da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e da Universidade de Sorocaba (UNISO)., 2019-05-01)
    Este artigo tem como objetivo propor um modelo que permita avaliar o nível de engajamento do estudante da modalidade à distância. Inicialmente foi realizada uma revisão de literatura buscando levantar os fatores de engajamento. Após, foram conduzidos quatro grupos focados a fim de identificar fatores que geram engajamento na modalidade à distância. A seguir, foi feita uma survey para avaliar a importância dos fatores permitindo que os mesmos fossem validados por meio da realização de uma Análise Fatorial Confirmatória. Apoiado na lista de fatores e suas importâncias, foi desenvolvida uma proposta de modelo de avaliação do engajamento do estudante composto de algoritmo de cálculo.
  • Responsabilidade social e perspectiva democrática: refletindo a partir do enquadramento teórico do desenvolvimento humano

    Moretto,Clenir Maria; Fioreze,Cristina (Publicação da Rede de Avaliação Institucional da Educação Superior (RAIES), da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e da Universidade de Sorocaba (UNISO)., 2019-05-01)
    O presente artigo discute a responsabilidade social universitária brasileira, que passou a ser exigida como dimensão institucional com a lei do Sinaes, em 2004. Essa prerrogativa coloca às universidades o desafio de pensar sua responsabilidade e de questionar se os sujeitos que estão formando desenvolvem capacidade de reflexão, pensamento crítico e disposição para oferecer respostas à crise global e fazer enfrentamentos às injustiças econômicas e sociais. O marco legal da responsabilidade social, contudo, surge em um contexto contraditório, atravessado por processos de mercantilização do ensino superior no país. Dado o papel da instituição universidade na construção da cidadania, parte-se da compreensão de que a educação para a democracia deve ocupar lugar central nos processos formativos, assim, o artigo pretende demonstrar o alcance da perspectiva teórica do desenvolvimento humano e das capabilities, desenvolvida por Amartya Sen (2010) e Martha Nussbaum (2010), para a análise da reponsabilidade social universitária brasileira. Por meio de um processo metodológico baseado na hermenêutica, o estudo demonstra a relação entre democracia e formação na educação superior, problematiza as normativas nacionais existentes para a responsabilidade social universitária de modo contextualizado no cenário atual e reflete sobre quais seriam as responsabilidades das universidades quando o horizonte está na formação de sujeitos aptos a olhar para as realidades sociais e transformá-las. O artigo fornece, assim, uma reflexão sobre o lugar da universidade na construção da cidadania e da democracia, evidenciando que a responsabilidade social universitária, quando compreendida a partir do enquadramento teórico do desenvolvimento humano, é caminho em potencial para viabilizar processos formativos comprometidos com o bem público, o que implica movimentos de dentro para fora, que envolvem não só os estudantes, mas a comunidade acadêmica como um todo e, também, arranjos institucionais mais amplos.
  • A Universidade viva na relação com as classes populares

    Monfredini,Ivanise (Publicação da Rede de Avaliação Institucional da Educação Superior (RAIES), da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e da Universidade de Sorocaba (UNISO)., 2019-05-01)
    Este é um ensaio sobre a universidade brasileira, as suas possibilidades e limites neste momento de aprofundamento das contra reformas. Trata-se a relação entre a Universidade e as classes populares como alternativa analisada a partir das tendências privatistas das políticas de ensino superior no Brasil, bem como de ciência e tecnologia, nesse momento de transição do breve período do neodesenvolvimentismo para o de aprofundamento das contra reformas iniciadas na década de 1990. O ensaio é inspirado em depoimentos de pesquisadores brasileiros que tem atuado na universidade, junto com agricultores familiares, pequenos proprietários e assentados, catadores de material reciclável, organizados em cooperativas e associações. As análises estruturam-se no diálogo com as ideias de Dagnino (2015) e Leher (2015) sobre a Universidade, além de pesquisa bibliográfica e documental (legislações) sobre os temas abordados. Realiza-se um balanço das políticas de ensino superior e de ciência e tecnologia, consideradas no aspecto da inclusão e da relação com as classes populares. Privilegia-se o primeiro decênio deste século, breve período do neodesenvolvimentismo brasileiro encerrado com o aprofundamento das contra reformas em curso. Para iniciar analisa-se o ensino superior brasileiro. Na sequência, são abordadas as tendências nas políticas de ciência e tecnologia. Seguem-se as análises sobre as possibilidades e limites da relação entre universidade e classes populares, como alternativa que se realiza contraditoriamente. Conclui-se que a relação Universidade e classes populares se constitui como alternativa à recriação da primeira. A Universidade, ao contribuir com esses movimentos, recria-se.
  • A expansão da Universidade Federal do Amazonas: implicações a partir do financiamento em tempos de crise

    Silva,Elizandra Garcia da (Publicação da Rede de Avaliação Institucional da Educação Superior (RAIES), da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e da Universidade de Sorocaba (UNISO)., 2019-05-01)
    Neste artigo, partimos da realidade material da expansão da Universidade Federal do Amazonas (UFAM), em curso no interior do estado, para analisar: o financiamento; o objetivo quantitativo de acesso ao ensino superior, estimado pelo governo federal; as avaliações positivas do governo federal sobre o Programa de Apoio a Planos de Reestruturação de Expansão das Universidades Federais (Reuni); e elementos inseridos no contexto da sociedade do capital em crise. Hipotetiza-se haver nexos determinantes entre o financiamento e a categorização de uma educação precarizada nos campi de expansão da UFAM, como um reflexo da conjuntura mundial de continuidade da crise do capital e as políticas de ajustes do Governo Temer para a educação superior.
  • Qualidade, pertinência, relevância, responsabilidade social, bem público

    Publicação da Rede de Avaliação Institucional da Educação Superior (RAIES), da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e da Universidade de Sorocaba (UNISO)., 2019-05-01
  • Desempenho acadêmico e o sistema de cotas no ensino superior: evidência empírica com dados da Universidade Federal da Bahia

    Cavalcanti,Ivanessa Thaiane do Nascimento; Andrade,Cláudia Sá Malbouisson; Tiryaki,Gisele Ferreira; Costa,Lilia Carolina Carneiro (Publicação da Rede de Avaliação Institucional da Educação Superior (RAIES), da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e da Universidade de Sorocaba (UNISO)., 2019-05-01)
    As políticas de ações afirmativas buscam promover a igualdade de oportunidades para grupos sociais historicamente discriminados. No âmbito da educação superior, a política é realizada por meio da reserva de vagas e de outros mecanismos que promovem o acesso e a permanência na universidade. Este trabalho objetiva avaliar se o desempenho acadêmico é relacionado à forma de ingresso na Universidade Federal da Bahia (UFBA), seja pelo sistema de cotas ou pelo sistema de ampla concorrência. Utilizando dados de 8.546 estudantes que ingressaram a partir de 2005 e graduaram até 2013, este artigo apresenta os resultados de estimativas utilizando PSM com diferentes métodos de pareamento em dados e quatro medidas de desempenho acadêmico. Os resultados indicam que, de forma agregada, os estudantes cotistas apresentam um desempenho aparentemente inferior aos não cotistas. No entanto, os modelos estimados por áreas de conhecimento mostram que os diferenciais de desempenho permanecem apenas para a área de Ciências da Saúde, indicando que fatores socioeconômicos são mais relevantes para o desempenho do aluno na universidade do que sua forma de ingresso.
  • Perfil dos programas de pós-graduação Stricto Sensu em Gestão do Conhecimento no Brasil e seu panorama da produção científica

    Silva,Lidiane Cristina da; Gaspar,Marcos Antonio; Magalhães,Fábio Luís Falchi de; Garcia,Ruth Del Raso; Aihara,Celia Hatsumi; Mauro,Maria Helena (Publicação da Rede de Avaliação Institucional da Educação Superior (RAIES), da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e da Universidade de Sorocaba (UNISO)., 2019-05-01)
    A Gestão do Conhecimento (GC) tem ganhado espaço como temática de pesquisa relevante junto às diversas ciências. Assim, a GC voltada à produção científica tem sido responsável pela disseminação de conhecimentos e apoio ao desenvolvimento científico de um país. O objetivo desta pesquisa é apresentar o perfil dos Programas de Pós-graduação Stricto Sensu (mestrado e doutorado) na área de Gestão do Conhecimento existentes no Brasil, bem como apresentar o panorama de sua produção científica. Como método de pesquisa foi utilizada a abordagem quantitativa por meio de pesquisa bibliográfica, bibliométrica e documental, executada a partir dos dados coletados nas seguintes bases de dados brasileiras: Plataforma Sucupira e Qualis Periódicos CAPES do Ministério da Educação. Como resultados auferidos, foram identificados 23 Programas de Pós-graduação em 21 diferentes instituições de ensino superior, que apresentam 38 linhas de pesquisa relacionadas à temática GC. Observou-se ainda que oito das 49 áreas de avaliação da CAPES têm Programas voltados à GC, com destaque para as áreas ‘Interdisciplinar’ e ‘Comunicação e Informação’. Registraram-se em média 41,8 publicações de artigos em periódicos por programa e por ano analisados, com média de 0,35 de artigo publicado por docente em periódicos com Qualis estrato A (mais elevados).
  • Dever profissional entre pesquisadores de engenharias e áreas tecnológicas no Brasil e na Finlândia

    Guerrini,Daniel; Oliveira,Renato de (Publicação da Rede de Avaliação Institucional da Educação Superior (RAIES), da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e da Universidade de Sorocaba (UNISO)., 2019-05-01)
    Este artigo é resultado de uma pesquisa comparada entre pesquisadores de engenharias e áreas tecnológicas do Brasil e da Finlândia. O objetivo foi identificar as diferenças que cada grupo formulava a respeito de seu papel como pesquisadores em suas respectivas sociedades, conectando isso à sua percepção acerca do reconhecimento social de sua atividade. Foram entrevistados onze pesquisadores brasileiros e doze finlandeses. O questionário, de perguntas objetivas e abertas, se baseou em duas categorias: o reconhecimento social da atividade científica e a importância por eles atribuída a esta atividade. A partir da conexão entre essas duas categorias nas falas dos entrevistados, trabalhou-se com a noção de dever de cada grupo de pesquisadores, identificando como mobilizavam uma ideia de seu papel na sociedade. Conclui-se que, diante da falta de reconhecimento de suas atividades no Brasil, os entrevistados se veem na posição de desenvolver a sociedade. Diante do reconhecimento no caso finlandês, os entrevistados aprofundam a importância do caráter estritamente científico de sua atividade profissional
  • Inserção da Temática de Redes Interorganizacionais nos Currículos de Pós-graduação Stricto Sensu em Administração

    Meireles,Fernanda Rosalina da Silva; Azevedo,Ana Cláudia; Barbosa,Raíssa de Azevedo (Publicação da Rede de Avaliação Institucional da Educação Superior (RAIES), da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e da Universidade de Sorocaba (UNISO)., 2019-05-01)
    O debate sobre o ensino na pós-graduação tem despertado o interesse dos pesquisadores, sobretudo no campo dos componentes de formação curricular. Na mesma perspectiva, o tópico - redes interorganizacionais - tem-se revelado uma temática relevante para a compreensão das novas configurações organizacionais conquistando um reconhecido espaço na literatura de administração. Isto posto, esse estudo buscou lançar luz sob a junção desses dois aspectos, com o objetivo de analisar a inserção do tema de redes interorganizacionais no conteúdo curricular dos programas de pós-graduação stricto sensu em administração do Brasil. Para tanto, realizou-se uma pesquisa exploratória e qualitativa, a partir da Plataforma Sucupira, analisando o conteúdo dos currículos dos cursos de pós-graduação disponibilizados pelos respectivos programas. Como resultado verificou-se que o tema é bem difundido entre os programas que disponibilizam suas ementas, sendo tratado diretamente em 65,34%, dos cursos envolvendo mestrado acadêmico, doutorado e mestrado profissional. Entre as perspectivas abordadas destaca-se o aspecto racional e econômico, enfocando o viés estratégico das redes interorganizacionais. A contribuição desse estudo está em demonstrar a importância da temática de redes interorganizacionais para formação discente no nível stricto sensu, e a importância da construção e atualização dos componentes curriculares em alinhamento aos temas emergentes para concepção acadêmica e profissional.
  • Avaliação da satisfação de estudantes público-alvo da educação inclusiva em cursos de pós-graduação de universidades públicas

    Branco,Ana Paula Silva Cantarelli; Almeida,Maria Amélia (Publicação da Rede de Avaliação Institucional da Educação Superior (RAIES), da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e da Universidade de Sorocaba (UNISO)., 2019-05-01)
    Com o aumento do número de matrículas de estudantes público-alvo da educação inclusiva no Ensino Superior de pós-graduação este estudo objetivou avaliar o nível de satisfação de estudantes público-alvo da educação inclusiva de quatro Universidades Públicas brasileiras, sendo uma Federal e três Estaduais e analisar suas atitudes frente às condições oferecidas pelas IES. Trata-se de pesquisa exploratória cuja coleta de dados ocorreu por meio da aplicação da Escala de Satisfação e Atitudes de Pessoas com Deficiência - ESA. Participaram nove estudantes matriculados em Cursos de Mestrado e Doutorado no Estado de São Paulo. Os resultados receberam tratamento quantitativo através da mensuração da escala aplicada e análise qualitativa de determinados itens da escala. Quanto a satisfação estrutural, grande parte dos entrevistados revelaram sentirem-se insatisfeitos com a condição de acessibilidade arquitetônica das IES a que pertencem. Os níveis de satisfação operacional, no geral, aproximam-se de respostas satisfatórias cujas condições se referem a recursos de âmbito metodológico para acompanhar as aulas. Por conseguinte, no quesito voltado para a Satisfação psicoafetivas, apresentaram tendências satisfatórias nas relações interpessoais. Na Atitude frente as barreiras, aproximaram-se de respostas satisfatórias, todavia, não consideram importante acionar o Ministério Público para garantia de direitos. Conclui-se que dependendo do que as Instituições oferecerem, as falhas nos cursos superiores de Pós-graduação podem ser observadas. No entanto, as IES precisam melhorar em todos os âmbitos de satisfação com vistas a permitir maior ingresso e a permanência desses estudantes, de modo que aumentem os níveis de satisfação no ensino superior de Pós-graduação.
  • Índice geral de cursos e qualidade na educação superior: o caso das IES do Estado da Bahia

    Mendes,Ana Luiza Fernandes; Dutra,Norivan Lustosa Lisboa (Publicação da Rede de Avaliação Institucional da Educação Superior (RAIES), da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e da Universidade de Sorocaba (UNISO)., 2019-05-01)
    Este artigo apresenta uma reflexão do processo de avaliação da Educação Superior, com destaque para o Índice Geral de Curso (ICG) nas Instituições de Ensino Superior (IES) no estado da Bahia. Integrado ao Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), o ICG considera vários aspectos para mensurar a qualidade das IES, foi criado para ser um índice de qualidade e que se somaria a outros indicadores para impulsionar a avaliação, contudo, seus objetivos foram alterados de maneira que tem impactado nos resultados institucionais. Trata-se de uma investigação quali-quanti que se utiliza de fontes bibliográficas, documental, bem como de dados estatísticos das IES no estado da Bahia. Conclui-se que a avaliação do Ensino Superior, tem se transformado num instrumento de promoção do ranqueamento das IES, públicas e privadas, causando, com isso, sérios desafios para a gestão institucional.
  • Mensuração da interdisciplinaridade nos cursos de graduação em Administração

    Cezarino,Luciana Oranges; Corrêa,Hamilton Luiz (Publicação da Rede de Avaliação Institucional da Educação Superior (RAIES), da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e da Universidade de Sorocaba (UNISO)., 2019-05-01)
    O artigo propõe um modelo de mensuração da interdisciplinaridade nos cursos de graduação em Administração. A survey eletrônica foi realizada nos cursos avaliados pelo Enade 2009 e os dados tratados pela Análise Fatorial e de Conglomerados. A média de interdisciplinaridade dos cursos em relação aos fatores dimensionados no modelo foi de 2,63 em uma escala de 0 a 10, considerado baixo, ou seja, tudo indica os projetos de interdisciplinaridade são escassos nos cursos de Administração no Brasil. A análise fatorial revelou alto índice de correlação entre os dados e de 17 variáveis reuniu duas dimensões de mensuração: “organização” e “didática”. Com a análise de conglomerados foi constatado que o grupo que apresenta cursos com maior presença da variável articulação é que obteve melhores índices de interdisciplinaridade.
  • Student’s access and performance in the Portuguese Higher Education: Issues of gender, age, socio-cultural background, expectations, and program choice

    Ferrão,Maria Eugénia; Almeida,Leandro S. (Publicação da Rede de Avaliação Institucional da Educação Superior (RAIES), da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e da Universidade de Sorocaba (UNISO)., 2019-10-01)
    The purpose of this article is to characterize and contribute to the debate on the democratization of Portuguese higher education, both in terms of access and the performance of students enrolled in a public university. The analyses concern the sociodemographic characteristics and schooling trajectory of the 2,697 students enrolled for the first time in the University of Minho in the academic year 2015/16. The relationships between such characteristics and the choice of program, expectations regarding higher education, the criteria of admission, and the association with their permanence and performance in the first year of studies are explored as well. Several statistical tests were applied, such as those based on multivariate analysis of variance, chi-squared test for the independence between variables, or the t-Student test for the comparison of means of two independent samples. Results suggest that student’s gender, socio-cultural background and schooling trajectory are related to the choice of the programe, university entrance score and the entrance option. The multivariate analysis of variance of student’s grade point average at the end of the first year suggests the influence of the interaction between the fixed term of scientific-disciplinary area of the program attended and the program option of access to higher education. We did not find any statistically significant association between socio-cultural background and permanence in higher education; i.e, the socio-cultural origin of the students does not seem to influence the decision to abandon, suspend or transfer program, at least during their first year of studies. Our findings suggest student’s resilience and/or institutional action meaning a step further on the path for social equity in the Portuguese higher education.
  • Produção de conhecimento sobre avaliação educacional publicada no Brasil durante a década de 1980

    Borges,Regilson Maciel; Rothen,José Carlos (Publicação da Rede de Avaliação Institucional da Educação Superior (RAIES), da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e da Universidade de Sorocaba (UNISO)., 2019-10-01)
    O artigo apresenta mapeamento da produção de conhecimento sobre avaliação educacional publicada no Brasil durante a década de 1980. O referencial teórico e metodológico se baseou na literatura que discute os procedimentos para a coleta de dados em estudos bibliométricos. Os resultados fornecem a ideia do estado da arte da evolução desse campo de conhecimento, bem como permitem algumas constatações a respeito da construção do campo da avaliação no Brasil, evidenciando, por exemplo, o local em que se encontra esse campo e quais os principais autores que o formam.
  • Justificativa para um novo ensino técnico

    Boclin,Roberto (Publicação da Rede de Avaliação Institucional da Educação Superior (RAIES), da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP) e da Universidade de Sorocaba (UNISO)., 2019-10-01)
    Resumo: O artigo destaca a importância do ensino técnico e argumenta com as experiências realizadas historicamente em outros países e no Brasil. Procura dar ao Ensino Técnico autonomia e currículo próprio, independente do Ensino Médio, porém equivalente ao mesmo para fins de prosseguimento de estudos em nível superior.

View more