• 10 años del Pacto Anglicano-Metodista Inglés

      Lima, Luciano Jose de (Faculdade de Teologia da Igreja Metodista, 2013-12-20)
    • 125 anos de resistência: o processo de branqueamento na infância da criança negra, pós-lei 10.639/03

      Martins, Telma Cezar da Silva; Silva, Neusa Cezar da (Faculdade de Teologia da Igreja Metodista, 2012-11-13)
      Este artigo apresenta a necessidade de aprofundamento das discussões sobre a temática da educação étnico-racial, propondo uma reflexão sobre o conceito de branqueamento e a necessidade de consciência crítica, por parte das/os educadoras/es, sobre impactos negativos desse processo na formação da identidade da criança negra.  Considerando as contribuições da história social da Infância e da família e o processo de socialização da criança negra, busca apontar se a educação étnico-racial tem se sustentado nos espaços da educação infantil.125 ANOS DE RESISTÊNCIA: O PROCESSO DE BRANQUEAMENTO NA INFÂNCIA DA CRIANÇA NEGRA, PÓS-LEI 10.639/03
    • 125 years of resistance: the process of whitening in the childhood of black children after the law 10.639/03

      Martins, Telma Cezar da Silva; Silva, Neusa Cezar da (Faculdade de Teologia da Igreja Metodista, 2012-11-13)
      This article presents the necessity of deepenning the discussion of ethnic racial education in spaces of children education. The text offers a reflection on the concept of whitenning and the critical conscience’s importance of the theachers about the negative impact of this process to the identity’s formation of black children. The text points the social history’s contribuitions from the childhood, the family and the socialization’s process of children.
    • 2 Macabeus e os cânones grego, judaico e cristão

      Ruppenthal Neto, Willibaldo (Faculdade de Teologia da Igreja Metodista, 2019-06-11)
      RESUMOO presente artigo visa analisar a relação do livro de 2 Macabeus com os cânones grego (LXX), judaico (Bíblia Hebraica) e cristão (das diversas denominações). Além de se averiguar a relevância do livro para a história do judaísmo, se destaca a relação com os cânones como evidência de sua importância teológica e de sua difusão no contexto helenístico.ABSTRACTThis article aims to analyze the relationship between the book of 2 Maccabees and the Greek (LXX), the Jewish (Hebrew Bible) and the Christian (of the various denominations) canons. In addition, aims to ascertain the relevance of the book to the history of Judaism, showing the relation with the canons as evidence of its theological importance and its diffusion in the Hellenistic context.RESUMENEl presente artículo busca analizar la relación del libro de 2 Macabeos con los cánones griego (LXX), judío (Biblia hebrea) y cristiano (de las diversas denominaciones). Además, busca también averiguar la relevancia del libro para la historia del judaísmo, destacando la relación con los cánones como evidencia de su importancia teológica y de su difusión en el contexto helenístico.
    • 2. The “slave” and the “woman”: deconstruction of historical tradition and

      Santos, João Batista Ribeiro (Faculdade de Teologia da Igreja Metodista, 2009-11-20)
      An exegetical analysis of Genesis 24:1-9, where the author seeks to confirm the identity of the slave and the woman present in the periscope.  The discussion begins with an historical analysis of the text, followed by a theological and hermeneutical study of the periscope that situates the importance of the slave and the woman.  The author concludes that there continues to exist layers in the text studied that reflect patriarchal hierarquies of the ancient world and that, nonetheless, should go beyond such practices.
    • 500 anõs de Juan Calvino: pensamientos sobre su vida y contribuciones

      Matos, Alderi Souza de (Faculdade de Teologia da Igreja Metodista, 2009-10-21)
      El transcurso del 5º centenario del nacimiento de Juan Calvino ha despertado un nuevo interés por la persona y obra de ese reformador protestante. El presente artículo trata sobre aspectos relevantes de su vida, busca corregir ciertas distorsiones y llama la atención para algunas contribuciones importantes del líder de Ginebra. 
    • A arqueologia e a leitura popular da Bíblia - DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2176-3828/caminhando.v20n2p115-126

      Kaefer, José Ademar (Faculdade de Teologia da Igreja Metodista, 2015-11-18)
      A importância da leitura popular da Bíblia está no fato de que ela se preocupa com a leitura contextualizada, tanto da realidade do/a leitor/a quanto do texto bíblico. A análise do contexto do/a leitor/a é o ponto de partida, a porta de entrada, para a leitura do texto bíblico. Por sua vez, o estudo do contexto histórico do texto bíblico tem a finalidade de ser inspiração para a compreensão e ação do/a leitor/a em seu ambiente a favor dos que vivem à margem da sociedade. Por isso, leitura popular. A leitura que se faz do texto bíblico depende da leitura que se faz da realidade onde se vive e vice-versa. Contudo, as informações que o texto bíblico traz sobre o seu contexto histórico são em sua maior parte limitadas. É preciso, então, recorrer à arqueologia para compreender melhor a organização social dos povos da Bíblia. De forma que, a diligência da história é quem conduz a leitura popular a procurar a arqueologia. Não obstante, a arqueologia não pode estar em função da Bíblia, ela deve se manter independente para não comprometer os resultados de suas atividades, mesmo que estes, em não poucos casos, divirjam das informações bíblicas.
    • A arte da Ironia e Novo Testamento

      UMESP; Santos, Antonio Carlos Soares (Faculdade de Teologia da Igreja Metodista, 2017-12-21)
      A Ironia muitas vezes utiliza-se do eufemismo e exagero para transmitir a mensagem. É possível a Bíblia se utilizar de um recurso tão informal? Imaginar um texto dito sagrado com composições irônicas, para alguns, é inimaginável. Porém, Um dos grandes avanços na crítica literária bíblica tem sido a descoberta do uso generalizado de recursos, entre esses a ironia, como estratégia comunicativa. Douglas Colin Muecke é o referencial teórico para que possamos analisar dois textos do Novo Testamento através de seus conceitos sobre o uso da Ironia como recurso literário. 
    • A arte da Ironia e o Novo Testamento

      UMESP; Santos, Antonio Carlos Soares (Faculdade de Teologia da Igreja Metodista, 2017-12-21)
      A Ironia muitas vezes utiliza-se do eufemismo e exagero para transmitir a mensagem. É possível a Bíblia se utilizar de um recurso tão informal? Imaginar um texto dito sagrado com composições irônicas, para alguns, é inimaginável. Porém, Um dos grandes avanços na crítica literária bíblica tem sido a descoberta do uso generalizado de recursos, entre esses a ironia, como estratégia comunicativa. Douglas Colin Muecke é o referencial teórico para que possamos analisar dois textos do Novo Testamento através de seus conceitos sobre o uso da Ironia como recurso literário. 
    • A arte mural de Mino Cerezo Barredo no período militar brasileiro

      Fernandes, Márcio Luiz (Escola de Teologia da Universidade Metodista de São Paulo, 2020-09-29)
      A denúncia política e a crítica social – desde uma leitura teológica da realidade - podem ser visualizadas nos diversos murais de Maximino Cerezo Barredo espalhados em diferentes lugares da América desde o México até a Argentina. Para Pedro Casaldáliga -  bispo emérito de São Félix do Araguaia MT – Cerezo Barredo pode ser considerado – no contexto da teologia elaborada na América Latina – como o pintor da libertação. A grandeza das obras de Cerezo expostas por todo o mundo por meio de murais, vitrais, azulejos, ilustrações em livros e revistas constituem um patrimônio que traduz de modo revolucionário como o apelo pela justiça e a luta contra os poderes opressores podem ser expressos nas imagens e refletir uma arte que provém do mundo dos pobres da América Latina. Pretende-se examinar aqui algumas obras realizadas por Cerezo no Brasil no período militar e as respectivas relações seja com o contexto da arte sacra do século XX na América Latina quanto com a denúncia dos horrores e violências praticadas contra os grupos mais vulneráveis da sociedade brasileira no referido período.
    • A Base Nacional Curricular Comum (BNCC) para a Educação Infantil: um estudo a partir das metodologias de ensino

      Santiago, Daniela Emilena; Gomes, Fernanda Gonçalves; de Souza, Flavia Danieli (Escola de Teologia da Universidade Metodista de São Paulo, 2020-05-11)
      O presente trabalho tem como objetivo realizar uma reflexão sobre a Base Nacional Curricular Comum (BNCC) e sua aplicação nas práticas pedagógicas da educação infantil no Brasil. Para a construção do texto, recorremos à Base Nacional Curricular Comum (BNCC), além de artigos que discutam tal documento e que também abordam práticas relacionadas à educação infantil. Também realizamos análise das tarefas escolares conferidas aos alunos de uma escola pública de educação infantil vinculados à sala pré-I, considerando o período de observação de um mês. A análise das tarefas requeridas à luz do BNCC nos permitiu observar que ainda temos uma prática dissociada do referido referencial e que as atividades desenvolvidas em casa ainda estão assentadas em cópias, repetições e na memorização, e não na escrita livre. Dessa forma, podemos inferir que ainda não tivemos a apropriação da Base Nacional Curricular Comum (BNCC) nos espaços pedagógicos e que em grande parte deles as atividades da educação infantil permanecem assentadas em métodos tradicionais e arcaicos, comprometendo tanto o desenvolvimento infantil quanto a aprendizagem.
    • A Bíblia como literatura no Brasil

      CAPES; Lima, Anderson de Oliveira (Escola de Teologia da Universidade Metodista de São Paulo, 2020-05-11)
      Neste artigo queremos atualizar e corrigir algumas das conclusões que divulgamos por meio de nossa tese doutoral em 2015. Discutiremos com novo referencial teórico o que é ler a Bíblia como literatura e ofereceremos uma lista das principais obras que propõem abordagens literárias à Bíblia e que estão presentes no mercado editorial brasileiro. Por fim, faremos uma apresentação do trabalho breve, porém arguto, do crítico literário Erich Auerbach, que fornece aos interessados por essas práticas de leitura uma série de boas sugestões para a análise contemporânea das narrativas bíblicas.
    • A Bíblia como suporte metafórico-argumentativo da Retórica Sacra do Padre Antonio Vieira

      Alves, Murilo Cavalcante (Faculdade de Teologia da Igreja Metodista, 2016-12-14)
      Padre Antonio Vieira, orador-escritor setencista, caracteriza-se por ser praticante de uma parenética contrarreformista consistente a serviço da Ordem jesuítica, apoiando-se nos princípios da retórica antiga, da qual foi cultor e professor, em que utiliza as figuras de estilo, sobretudo a metáfora, como elementos argumentativos em seus sermões reconfigurados. O presente artigo traz reflexões acerca desses procedimentos, apoiando-se em excertos de sermões vieirianos, bem como em algumas análises de seus críticos.
    • A Bíblia e o ensino: por uma educação integral

      Lazier, Josué Adam (Faculdade de Teologia da Igreja Metodista, 2011-02-28)
      Este artigo discorre sobre o tema a Bíblia e o ensino, tendo como fio condutor da reflexão a educação integral, assinalada pela tradição bíblica e expressa na prática educacional que tem como perspectiva a construção da cidadania e da integralidade que acompanha a vida.
    • A black liberating Christology in the colony of Brazil and the table as a space for sharing liberation

      Santos, Ana Pinheiro dos; Jesus, Juarez Ferreira de (Faculdade de Teologia da Igreja Metodista, 2009-05-24)
      The intention of this article is to initiate a provocative reflection that opens doors for a dialogue regarding the history of black slavery in Brazil and the Christology of the people, considered their anxieties, dreams and fight for liberty from the system the oppressed them in every dimension. The Bible is used as legitimating freedom, being that this liberty can be characterized as an independent expression of the table as a space shared by every color, race and social condition.)
    • A cidadania e a melhor idade

      Pereira, Josias (Faculdade de Teologia da Igreja Metodista, 2009-11-20)
      O autor busca destacar o papel e a importância da terceira idade – a melhor idade – na vida da Igreja, sobretudo, sob o aspecto da cidadania. Para o autor, a Igreja demonstra seu compromisso com Deus assumindo um compromisso com a pessoa idosa. Ao término do texto, o autor ainda propõe uma dinâmica para reflexão.
    • A compreensão da Lei Natural na controvérsia pública entre Juan Ginés de Sepúlveda e frei Bartolomé de Las Casas (1550-1551) sobre a idolatria indígena na América Latina.

      de Jesus, Juarez Ferreira (Faculdade de Teologia da Igreja Metodista, 2014-02-26)
      O artigo analisa a controvérsia entre Juan Ginés de Sepúlveda e frei Bartolomé de Las Casas ocorrida em Valladolid (1550-1551), sobre a aplicação da Lei Natural na dominação dos índios e extirpação de sua “idolatria” durante a conquista colonial na América Latina (1492). Os atos dos espanhóis contra as práticas cúlticas dos índios foram marcados ainda pelo uso de outros conceitos filosóficos, bíblico-teológicos, jurídicos e, sobretudo, das armas.
    • A compreensão da Lei Natural na controvérsia pública entre Juan Ginés de Sepúlveda e frei Bartolomé de Las Casas (1550-1551) sobre a idolatria indígena na América Latina. - DOI: http://dx.doi.org/10.15603/2176-3828/caminhando.v19n1p71-81

      de Jesus, Juarez Ferreira (Faculdade de Teologia da Igreja Metodista, 2014-02-26)
      O artigo analisa a controvérsia entre Juan Ginés de Sepúlveda e frei Bartolomé de Las Casas ocorrida em Valladolid (1550-1551), sobre a aplicação da Lei Natural na dominação dos índios e extirpação de sua “idolatria” durante a conquista colonial na América Latina (1492). Os atos dos espanhóis contra as práticas cúlticas dos índios foram marcados ainda pelo uso de outros conceitos filosóficos, bíblico-teológicos, jurídicos e, sobretudo, das armas.
    • A Comunidade de Corinto e as circunstâncias da Carta

      de Souza, Tiago Dias (Faculdade de Teologia da Igreja Metodista, 2016-10-18)
      Resumo: Após a partida de Paulo da cidade de Corinto, onde ele havia permanecido por volta de um ano e meio e fundado uma comunidade cristã, alguns problemas começaram a surgir no tocante à ressurreição. A questão chegou aos ouvidos do apóstolo por informações de membros da própria comunidade de Corinto. Ao saber dos problemas existentes, Paulo se posiciona sobre o assunto através de uma carta à igreja local. No caso do problema em foco, a questão em jogo era o fato de que alguns irmãos afirmavam que não haveria ressurreição dos mortos. Palavras-chave: Ressurreição. Corinto. Paulo. Abstract:After Paul had left the city of Corinth where he had stayed for around a year and a half and where he had founded a Christian community, some problems began to arise concerning the resurrection. The issue came to the apostle’s ears through information from members of the Corinthian community itself. After finding out about the existing problems Paul takes a stand on the issue through a letter to the local church. On the case in focus, the issue at hand was the fact that some brothers affirmed that there was no resurrection of the dead. Keywords: Resurrection. Corinth. Paul. 
    • A constituição do sujeito ético

      Josgrilberg, Rui de Souza (Faculdade de Teologia da Igreja Metodista, 2009-11-06)
      O artigo parte da conceituação de sujeito ético como “uma autonomia alcançada através da alteridade”. Descreve como constitutivo do sujeito ético o seu envolvimento “numa trama de interpelação e resposta”, “entre a unidade de um mundo e a pluralidade dos muitos mundos culturais”. Um “sujeito ético cristão” inclui, na trama de interpelação e resposta, a narrativa bíblica que estabelece um diálogo crítico com os mundos ao redor. A sua “experiência encontra sua expressão mais plena e mais significativa eticamente como sujeito ético eclesial”.