Show simple item record

dc.contributor.authorAntónio Cipriano Gonçalves
dc.date.accessioned2019-10-25T07:00:35Z
dc.date.available2019-10-25T07:00:35Z
dc.date.created2017-09-25 09:44
dc.date.issued2007
dc.identifieroai:redalyc.org:29833314
dc.identifierhttp://www.redalyc.org/articulo.oa?id=29833314
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/20.500.12424/1355607
dc.description.abstractO trabalho analisa a fundamentação do conceito de politecnia na educação moçambicana, de acordo com o projeto político proposto pela Frente de Libertação de Moçambique (Frelimo), que preconizava a instauração de uma sociedade socialista nesse país. Definida nos documentos oficiais como tradução do princípio pedagógico de ligação entre a teoria e a prática, entre a escola e o trabalho, a politecnia deveria permear todo o processo de formação escolar e visava propiciar aos alunos bases para compreender a realidade, assimilar o conhecimento científico e transformar a natureza e a sociedade. Metodologicamente, foi realizada uma pesquisa teórica, revisando a bibliografia sobre o surgimento do conceito de politecnia, o entendimento deste em Marx, Lênin e no movimento operário russo. Também foram consultados documentos oficiais, artigos, livros e resultados de pesquisas sobre a educação socialista moçambicana que focassem o propósito da pesquisa. Empiricamente, realizaram-se entrevistas com intelectuais que estiveram envolvidos com a educação moçambicana no período recortado (1983-1992), na cidade de Maputo, entre janeiro e março de 2005. Da análise de dados e do conteúdo das entrevistas, conclui-se, primeiro, que existe uma diferença na fundamentação da concepção de educação politécnica na proposta pedagógica de Moçambique em relação às propostas sejam de Marx e Lênin. Segundo, que o entendimento do conceito de politecnia em Moçambique foi limitado e que o discurso socialista que acompanhou a educação moçambicana foi contraditório
dc.format.mediumapplication/pdf
dc.languagept
dc.language.isopor
dc.publisherUniversidade de São Paulo
dc.relation.ispartofhttp://www.redalyc.org/revista.oa?id=298
dc.rightsEducação e Pesquisa
dc.sourceEducação e Pesquisa (Brasil) Num.3 Vol.33
dc.subjectEducación
dc.subjectMoçambique Frelimo Estado-nação moderno Sistema Nacional de Educação Concepção de educação politécnica
dc.titleA concepção de politecnia em Moçambique: contradições de um discurso socialista (1983-1992)
dc.typeArtículo científico
ge.collectioncodeOAIDATA
ge.dataimportlabelOAI metadata object
ge.identifier.legacyglobethics:11339357
ge.identifier.permalinkhttps://www.globethics.net/gel/11339357
ge.lastmodificationdate2017-09-25 09:44
ge.lastmodificationuseradmin@pointsoftware.ch (import)
ge.submissions0
ge.oai.exportid149403
ge.oai.repositoryid3008
ge.oai.streamid2
ge.setnameGlobeEthicsLib
ge.setspecglobeethicslib
ge.linkhttp://www.redalyc.org/articulo.oa?id=29833314


This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record