• Diálogos Interdisciplinares em Saúde e Educação: a arte do cuidar

      Fazenda,Ivani Catarina Arantes; Souza,Fernando César de (Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Faculdade de Educação, 2012-04-01)
      RESUMO O artigo descreve o cuidado em suas dimensões histórica, filosófica e educacional, sendo a última focada em dois movimentos práticos: cuidar de si e cuidar do outro, sob o prisma metodológico interdisciplinar que reconhece a urgência da integração entre o fazer e o ser, mesclando as histórias de vidas. Ao considerar a escola como um local de ação terapêutica, no qual há movimentos cuidadosos atrelados ao currículo, à formação docente e ao relacionamento interpessoal, redesenharemos uma didática para a educação que transcende os bancos escolares, onde a questão vital capaz de curar as pessoas é reconhecida nas inquietações dos alunos e professores rumo à valorização da cura nata em cada um de nós, porém não compreendida por muitos de nós.
    • Do Nada ao Tudo: políticas públicas e a educação especial brasileira

      Machado,Jardel Pelissari; Pan,Miriam Aparecida Graciano de Souza (Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Faculdade de Educação, 2012-04-01)
      RESUMO Este trabalho analisa o discurso de inclusão da Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva (PNEEPEI, 2008) e os efeitos de sentido que produz em suas relações dialógicas. Trata-se de um estudo documental da legislação brasileira e de declarações das quais o Brasil é signatário, com base na filosofia bakhtiniana da linguagem. Discute como a nova política transforma os sentidos de práticas de instituições de educação especial em discriminatórias e produz o apagamento de diferenças humanas como mecanismo de garantia de direitos. Conclui-se sobre a necessidade de reflexão e avaliação das políticas públicas e de seus efeitos no âmbito da educação, repensando-a como instituição social contraditória.
    • As Singularidades das Crianças Pequenas Expressas nas suas Brincadeiras

      Prange,Bruna; Bragagnolo,Regina Ingrid (Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Faculdade de Educação, 2012-04-01)
      RESUMO Ao contextualizar no sistema educacional a homogeneização das vivências de seus sujeitos, que desvaloriza suas particularidades, este artigo problematiza as manifestações das singularidades das crianças pequenas em momentos de brincadeira. Objetivou-se compreender como tais manifestações ocorrem, considerando a singularidade das crianças pequenas em suas brincadeiras, compreendendo a diversidade do seu repertório cultural, identificando seus aspectos particulares e suas significações nesses momentos. Realizaram-se observações participantes com um grupo de dezenove crianças com quatro anos de idade, durante oito encontros. Os registros de diário de campo permitiram a análise das vivências das crianças, assim como a manifestação de diversos elementos singulares durante as brincadeiras, as quais são intimamente associadas ao contexto social em que os sujeitos estão inseridos.
    • O Ensino de Evolução Biológica e sua Abordagem em Livros Didáticos

      Zamberlan,Edmara Silvana Joia; Silva,Marcos Rodrigues da (Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Faculdade de Educação, 2012-04-01)
      RESUMO Apesar de ser considerada como uma ideia reguladora para toda a biologia, geralmente a evolução é tratada, nos livros didáticos brasileiros de biologia, como um conteúdo; assim a evolução é geralmente considerada, nestes livros, da mesma forma que qualquer outro conteúdo. Além disso, outros conteúdos, que deveriam ser considerados a partir de uma compreensão prévia do conceito de evolução, são abordados com referência apenas implícita à evolução. O objetivo deste trabalho é o de, por meio de uma análise de alguns livros didáticos de biologia do ensino médio, descrever e discutir a forma de apresentação dos conteúdos de competição e vírus, e verificar como está sendo realizada tal apresentação.
    • Educação para a Inteireza do Ser - uma caminhada

      Pozatti,Mauro Luiz (Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Faculdade de Educação, 2012-04-01)
      RESUMO Ao percorrer uma caminhada entre medicina e educação nos últimos trinta anos, o autor desenvolve uma proposta teórica e prática para reposicionar o ser humano enquanto um todo inteiro - corporal, mental, social, cultural, ambiental e espiritual - o qual, por sua vez, também é parte de um Todo e em permanente conexão com o mesmo. Esta proposta está em sintonia com a visão de mundo transdisciplinar e holística. Além de redirecionar o conceito de saúde, o autor também propõe processos educacionais complementares, incluindo uma educação de acordo com as fases de vida e a convivência harmônica e voltada ao desenvolvimento da consciência em relação à Totalidade.
    • Gnose: uma via de reconhecimento das sombras do eu

      Trevisol,Jorge Antonio (Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Faculdade de Educação, 2012-04-01)
      RESUMO Neste artigo queremos abordar a questão do fenômeno da sombra humana, como caminho de autoconhecimento e via de compreensão antropológica do ser. Para tal nos serviremos da filosofia da gnose, um velho método de autoconhecimento usado pelos filósofos gregos do século IV, os verdadeiros gnósticos, que tinham como base antropológica o modo de viver e pensar dos terapeutas do deserto do início da era cristã. Partimos da premissa de que é preciso nomear as sombras, tomar postura consciente diante delas e torná-las caminho de crescimento humano, superando assim a noção dualista de ser e respondendo ao profundo anseio humano por inteireza e comunhão com a Totalidade.
    • Ciberética: a ética no espaço virtual dos jogos eletrônicos

      Ramos,Daniela Karine (Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Faculdade de Educação, 2012-04-01)
      RESUMO: O objetivo do trabalho é identificar as influências que os jogos eletrônicos têm sobre a construção da moral e da ética. Diante disso, buscamos captar a singularidade presente na relação que os jogadores estabelecem com o espaço virtual, utilizando como inspiração metodológica a cartografia. Na pesquisa, cinco jovens foram observados e relataram suas experiências com os jogos eletrônicos. A partir disso, identificamos que o jogador leva em conta aspectos éticos de forma diferenciada e propomos o conceito de ciberética, entendida como uma ética presente nos jogos eletrônicos que considera a capacidade do sujeito-jogador de avaliar as regras definidas e orientar o seu comportamento no mundo virtual.
    • Oficinas de Trabalho Biográfico: pesquisa, pedagogia e ecologia de saberes

      Lechner,Elsa (Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Faculdade de Educação, 2012-04-01)
      RESUMO O texto apresenta e desenvolve os pressupostos teóricos da proposta pedagógica que são as oficinas de trabalho biográfico junto de pesquisadores e estudantes universitários das ciências sociais e humanidades. São revisitadas as suas diversas etapas e contextualizada a proposta no quadro mais vasto da teoria da ecologia de saberes de Boaventura de Sousa Santos em equação com a corrente actual da pesquisa biográfica tal como esta é desenvolvida no quadro da associação internacional Le Sujet dans la Cité.
    • Cuidado Humano e Educação

      Abrahão,Maria Helena Menna Barreto; Rosa,Miriam Suzéte de Oliveira (Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Faculdade de Educação, 2012-04-01)
    • Brincadeiras no Ensino Fundamental: pistas para a formação de professoras

      Rocha,Maria Silvia Pinto de Moura Librandi da; Pasqual,Marina Leme; Ferreira,Mayara Carrijo (Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Faculdade de Educação, 2012-04-01)
      RESUMO Apresenta-se parte dos resultados de pesquisa feita em 2008, em duas escolas públicas municipais de uma cidade do interior do estado de São Paulo, com objetivo de identificar se e como as brincadeiras têm sido incluídas nos currículos dos primeiros anos do novo Ensino Fundamental (EF). Aqui, recortam-se as observações de duas reuniões de Pais e Mestres, analisando-se as concepções das professoras quanto à atividade lúdica e sua inclusão no cotidiano escolar. Com o trabalho analítico qualitativo, evidencia-se a não homogeneidade da construção do EF (mesmo entre escolas de igual filiação administrativa e de mesma região) e problematizam-se os modos de abordagem da atividade lúdica pelas professoras, localizando aspectos importantes para fundamentar a sua formação.
    • Infância e Cidade: Porto Alegre através das lentes das crianças

      Müller,Fernanda (Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Faculdade de Educação, 2012-04-01)
      RESUMO O artigo analisa as visões das crianças sobre a cidade que habitam. A partir de uma perspectiva metodológica de inspiração etnográfica, o estudo acompanhou um grupo de nove crianças, de quatro a doze anos, moradoras de três diferentes bairros da cidade de Porto Alegre. O principal objetivo do trabalho é explorar como as crianças entendem suas vidas na cidade. As crianças foram convidadas a fotografar os lugares da cidade os quais consideravam importantes nas suas vidas, o que foi seguido de conversas gravadas e transcritas. A análise se concentra nos espaços delimitados pelas crianças nas fotografias, sejam eles criados por elas ou para elas. As crianças também apresentam suas opiniões, preocupações e medos, o que evidencia a necessidade de serem ouvidas e de participarem das discussões sobre a cidade em que vivem.
    • Palavras e Imagens sobre Amizade Jovem na Contemporaneidade

      Schwertner,Suzana Feldens (Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Faculdade de Educação, 2012-04-01)
      RESUMO Como pensar as formas pelas quais se estabelecem as relações de amizade na contemporaneidade? Como contribuir para avançar o pensamento sobre a temática, dada a importância da amizade como espaço político e social? Com o objetivo de debater tais questões, foram organizados doze encontros com 122 alunos de 7ª e 8ª séries de uma escola de ensino público da região sul. A pesquisa toma como base teórica a hermenêutica de Michel Foucault, bem como seus estudos sobre ética e estética. Os resultados da pesquisa destacam a força do discurso familiar e a contribuição das dinâmicas de gênero no laço de amizade jovem. A Internet provou ser de suma importância, trazendo ao nosso estudo dados consistentes para investigar como se configuram as relações de amizade na atualidade.
    • Para uma Ética Renovada do Cuidar: à escuta do corpo sensível

      Lapointe,Serge; Rugira,Jeanne-Marie (Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Faculdade de Educação, 2012-04-01)
      RESUMO Este texto tenta evocar os elementos éticos do ato de cuidar a partir de uma visão antropológica inspiradora, bem como de uma visão renovada do ser humano, tal como é representada em suas experiências pessoal e profissional. Apresentamos uma pesquisa do tipo biográfico e de inspiração fenomenológica, cuja prática permite a harmonização pedagógica entre o soma e a psique. Assim, é nosso desejo responder à seguinte questão: é possível respeitar as necessidades ontológicas e espirituais do ser humano em práticas nas quais o corpo é reverenciado à altura do mistério de sua existência encarnada?
    • Formação do Profissional em Saúde: uma recusa ao esvaziamento da essência do cuidado humano

      Rosito,Margaréte May Berkenbrok; Loterio,Marlene Goya (Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Faculdade de Educação, 2012-04-01)
      RESUMO Investiga-se o sentido do cuidado nas Diretrizes Curriculares Nacionais para a graduação em medicina de 2001. Estabelece-se como objetivo analisar a formação profissional em saúde. Aponta para os seguintes resultados: é necessária uma formação humanística capaz de mediar o uso dos conhecimentos científicos e tecnologias, de modo a responder às necessidades de saúde de indivíduos e da coletividade; o cuidado norteia as práticas que envolvem tanto ações de educação como de saúde ou é, ele mesmo, parte dessas ações.
    • Violência Juvenil e Laço Social Contemporâneo

      Gurski,Rose (Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Faculdade de Educação, 2012-04-01)
      RESUMO Este artigo propõe a discussão sobre o uso da violência como um modo de representação de si no social, utilizado pelos jovens da atualidade. Partindo de algumas produções culturais, busca problematizar as condições sociais com as quais os jovens se encontram no laço social atual. Parte-se da noção de que a urgência em encontrar modos de se fazer representar no social, típica da adolescência, somada ao empobrecimento das condições de construção da experiência e do esvaziamento do espaço público como espaço legítimo de representação do sujeito, acabou por incrementar a dimensão das escritas violentas na adolescência e juventude de nosso tempo.
    • O Corpo Biográfico: corpo falado e corpo que fala

      Josso,Marie-Christine (Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Faculdade de Educação, 2012-04-01)
      RESUMO Temos de aprender várias linguagens. Temos de aprender a tornar-nos atentos, disponíveis às linguagens cuja designação de novos territórios, sua expressão de novas tomadas de consciência, os acadêmicos ainda não compreenderam. Temos de aprender a fazer frutificar seus enriquecimentos potenciais. O Paradigma do Sensível parece-me particularmente bem colocado para favorecer a abertura à experiência biográfica sensível, encarnada e acolhendo um advir inédito.
    • O Tocar na Relação de Cuidado Baseada no Sensível

      Bois,Danis; Bourhis,Hélene (Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Faculdade de Educação, 2012-04-01)
      RESUMO Este artigo visa a introduzir a relação de ajuda manual no campo da educação para a saúde. Argumentamos em favor do interesse em se integrar a dimensão humana no tratamento dos pacientes, através do tocar relacional. O leitor encontrará um inventário da questão na França e descobrirá uma abordagem de acompanhamento baseada na mediação corporal fundamentada no Sensível.
    • Editorial

      Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Faculdade de Educação, 2012-04-01
    • Memoria e imagen

      Arfuch,Leonor (Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Faculdade de Educação, 2012-08-01)
      Imagen y narración se unen de modo indisociable en todo intento - y por ende, en toda política - de transmisión de la memoria. Tanto por la dimensión icónica de la palabra, que hace del relato una pantalla proyectiva de nuestra imaginación - imaginación no menos verdadera que la que atestiguan las imágenes- como por el carácter narrativo de la imagen, aunque ésta requiera a menudo de la vecindad de la palabra. En ambos registros la idea de transmisión - que tiene en el campo educativo una valencia singular - evoca una intencionalidad, una tensión hacia el otro, el destinatario, que pone en juego el movimiento dialógico del discurso - en su más amplia definición - y en este sentido responde en la doble acepción ética de dar respuesta y de responsabilidad. Nos proponemos entonces plantear algunas reflexiones teóricas en torno de la memoria y su relación con la imagen a partir de dos escenas, una literaria (Sebald), la otra de las artes visuales (Christian Boltanski), cuya complementariedad resulta de una curiosa - y no obligada - sintonía. Escenas de una memoria traumática que, a la manera de ciertas iluminaciones benjaminianas, dejan ver un insondable fondo de tragedia.
    • Os cinco olhos do diabo: os castigos corporais nas escolas do século XIX

      Lemos,Daniel Cavalcanti de Albuquerque (Universidade Federal do Rio Grande do Sul - Faculdade de Educação, 2012-08-01)
      O presente trabalho analisa a prática de castigos corporais nas escolas primárias da Corte, investigando-a como forma de disciplinar, constituir e consolidar uma determinada cultura escolar, aqui entendida como um conjunto de normas, posturas e condutas impostas aos jovens, como forma de se obter uma disciplinarização do corpo e do espírito. A Palmatória, foi um objeto que assim como o livro, o quadro, a pena, marcou sua presença na escola e no imaginário da sociedade sobre a escola. Ao ponto de serem retratadas na literatura da época. Analiso fontes que demonstram os rumos da discussão acerca dos castigos corporais, os limites da autoridade do professor e a intervenção da sociedade nesse debate.