Educação e Pesquisa [Education and Research] is a journal published by the Faculdade de Educação at the Universidade de São Paulo — FEUSP (School of Education at the University of São Paulo, founded in 1969). As of 2018, it is edited continuously in single annual volume. Published since 1975, the journal welcomes articles in Portuguese, Spanish, and English, with abstracts in the original language and also in English. The journal publishes original articles and research reports in education, as well as book reviews, special documents, and translations made by teachers and researchers from the University, and also from other institutions. Former Title: Revista da Faculdade de Educação

News

The Globethics.net library contains articles of Educação e Pesquisa as of vol. 25(1999) to current.

Recent Submissions

  • Currículo e espaço – uma conversa por se fazer?

    Rocha,Ana Angelita; Medeiros,Ricardo Scofano (Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, 2020-01-01)
    Resumo As páginas a seguir ensaiam uma cartografia (múltipla, nas inspirações de Doreen Massey (2004) e Deleuze; Guattari (2011)) propondo traçar possíveis associações entre currículo e espaço. A intenção deste artigo é especular que, ao campo curricular, importa o ato de espacializar a relação entre currículo e conhecimento. Tal objetivo implica um projeto de interrogar um pretenso conhecimento universal, sem que, necessariamente, a categoria conhecimento seja desprezada como um todo. Por esse motivo, a argumentação, a partir de teóricos do currículo e da geografia, permite perceber um encontro entre a epistemologia, a ontologia e o espaço. Contudo, nossa hipótese é a de que o campo curricular pouco se dedica ao debate espacial, ainda que seja uma categoria analítica emergente nos seus estudos. Embora haja uma leitura de teóricos do espaço, suspeitamos que tenham sido conversas interditadas. Não obstante, nossa leitura permite vislumbrar uma convergência que parece indicar o espaço como uma categoria ontológica do currículo. Tais movimentos foram disparados por uma pergunta que guia o texto em seus desdobramentos: o que pode a composição currículo e espaço?
  • Desenvolvimento de competências na perspectiva de docentes de ensino superior: estudo em representações sociais

    Polonia,Ana da Costa; Santos,Maria de Fátima Souza (Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, 2020-01-01)
    Resumo O propósito desta pesquisa é identificar o desenvolvimento de competências acadêmicas no ensino superior, na perspectiva dos docentes, contando com o aporte da teoria das representações sociais. Para coleta de informações foi aplicado o instrumento denominado de Técnica de Associação Livre de Palavras, de caráter projetivo, a 154 professores de ensino superior de três instituições privadas do Distrito Federal. A análise prototípica foi produto do software IRaMuteQ, que analisou as palavras evocadas pelos professores quando empregada a expressão indutora desenvolver competências acadêmica é... O núcleo central foi composto pelas seguintes palavras: formação, habilidade, reflexão, fundamental, responsabilidade e desenvolvimento. Já nos elementos de contraste emergiram os termos cientificidade, ética, autonomia, concentrar, qualificação e planejamento. Esses dados apontam o fomento ao processo de aprendizagem embasado na concepção ativa e interativa do processo, tendo o discente como protagonista. Os dados evidenciam a construção de conhecimentos, apropriação de diferentes saberes, mobilização do fazer e ainda a articulação teórico-prática dentro de uma perspectiva humanizadora, ética e estética. Ainda, pode-se reconhecer que o desenvolvimento de competências não se restringe à dimensão operatória, mas envolve os universos tecnológico, metodológico, didático, relacional e vinculado à esfera do trabalho, além de serem indissociáveis os aspectos social, cultural e do fazer profissional. É um projeto profissional docente que assume uma visão de sociedade, em que o processo ético e a dimensão política, metodológica, operacional, técnica se interpenetram e encontram-se transversalizadas pela perspectiva humanista, de forma que compromisso, responsabilidade e reflexão são demandas constantes frente às transformações no mundo do trabalho e problemáticas do âmbito social.
  • Prevenção da indisciplina num agrupamento de escolas de Portugal

    Santos,José Sousa; Pascoinho,João Carlos (Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, 2020-01-01)
    Resumo A indisciplina revela-se um conceito de difícil definição que surge invariavelmente associado ao contexto escolar. A definição de indisciplina assenta numa oposição clara ao conceito de disciplina e assume-se como uma quebra da ordem, de regras e de normas, prejudicando a prossecução e/ou alcance de um objetivo. Este estudo destina-se a analisar o fenômeno supracitado num agrupamento de escolas, nomeadamente ao nível do segundo ciclo, e verificar a adequação das medidas tomadas no combate à indisciplina. Recorreu-se a uma abordagem qualitativa, em que se pretendeu caracterizar a indisciplina no agrupamento de escolas em estudo, analisando os dados recolhidos através de um método interpretativo-qualitativo. Por meio dessa análise concluiu-se que, apesar de o agrupamento enveredar por combater o fenômeno de forma coerente com a legislação em vigor e implementar esforços para a sua erradicação, a indisciplina continua a persistir, devido a fatores internos e externos.
  • A pesquisa em ciências humanas, ciências sociais e educação: questões éticas suscitadas pela regulamentação brasileira

    Campos,Regina Helena de Freitas (Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, 2020-01-01)
    Resumo As diretrizes que regulam a ética na pesquisa com seres humanos no Brasil, em especial no que se refere às áreas das ciências humanas e sociais e às ciências da educação, são analisadas em suas relações com a bioética e as ciências da vida. As dificuldades levantadas por pesquisadores da área de humanas no diálogo com os comitês de ética interdisciplinares são consideradas, inclusive a possibilidade de desvincular a autorização da pesquisa nessas áreas do sistema CEPs-CONEP, sistema nacional de Comitês de Ética na Pesquisa gerido pelo Conselho Nacional de Saúde. Argumenta-se, contudo, que o foco principal do sistema da ética na pesquisa é a proteção da saúde física e mental dos participantes, o que configura uma questão afeita à bioética e à área da saúde, de maneira ampla, como processo biopsicossocial. Observa-se também que as técnicas de coleta de dados desenvolvidas pelas ciências humanas e sociais (entrevistas, questionários, observações participantes ou não) são também utilizadas pelas ciências da vida. Essas considerações indicam que o diálogo entre as áreas, propiciado pela composição de Comitês de Ética interdisciplinares, é salutar e necessário ao bom funcionamento do sistema, em que pese a possibilidade, admitida na legislação, da existência de comitês específicos para o julgamento da ética na pesquisa em ciências humanas e sociais. Propõe-se que novas pesquisas sejam feitas para o acompanhamento do funcionamento dos comitês de ética em universidades e instituições de pesquisa visando ao aprimoramento do sistema de regulação.
  • La investigación formativa en la universidad: sentidos asignados por el profesorado de una Facultad de Educación

    Turpo-Gebera,Osbaldo; Quispe,Pedro Mango; Paz,Luis Cuadros; Gonzales-Miñán,Milagros (Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, 2020-01-01)
    Resumen En el marco de la investigación formativa se suscita una serie de construcciones subjetivas sobre su comprensión y trascendencia. Dicha situación incita a determinar los sentidos asignados a su implementación pedagógica en la formación del profesorado. En esa intención, se ha entrevistado a siete docentes de la Facultad de Ciencias de la Educación de la Universidad Nacional de San Agustín de Arequipa (Perú), a fin de reconocer los sentidos establecidos en su concepción, su distinción de la investigación científica, las características requeridas y las expectativas suscitadas. Los resultados evidencian que los docentes expresan una diversidad de sentidos formativos, más próximos a la formación de investigadores que como dispositivo o estrategia de enseñanza; asimismo, distinguen sutilmente la investigación formativa de la investigación científica en sentido estricto, que induce a confusiones entre ellas; de otro lado, enfatizan en el desarrollo de capacidades cognitivas ligadas a la investigación, y, finalmente, sitúan en el proceso formativo de la investigación, diversas expectativas de actuación no siempre concretadas en la enseñanza. La aproximación a los sentidos asignados a la investigación formativa evidenció diferenciaciones, confusiones, pero también coincidencias sobre el carácter formativo de la investigación, que conlleva a pensar en estrategias para un mejor afrontamiento de los desafíos docentes y socioprofesionales.
  • A reinvenção do cotidiano em tempos de pandemia

    Guizzo,Bianca Salazar; Marcello,Fabiana de Amorim; Müller,Fernanda (Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, 2020-01-01)
    Resumo Em 2020, o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) faz 30 anos. Esse marco coincide com a pandemia causada pela COVID-19, que coloca em conflito noções de direito ligadas à preservação da vida e da liberdade apresentadas pelo próprio ECA. Diante desse contexto, este artigo trata a respeito de reinvenções e deslocamentos diante da quarentena, os quais se pautam pelo direito à vida ao mesmo tempo em que restringem o direito à liberdade. Ao assumir a inseparabilidade que Michel de Certeau postula quanto às noções de estratégia e tática, o artigo explora, metodologicamente, seis cenas expressivas da reinvenção do cotidiano – e que estão vinculadas, cada uma a seu modo, a três dimensões específicas: a relação de famílias com as tecnologias; a relação das famílias com a escola; e a relação das famílias com suas crianças. As quatro cenas iniciais, exploradas a partir da configuração de estratégia, indicam esforços para a conformação das formas de organização do social. Neste caso, fica evidente como, de um lado, a relação das famílias com as tecnologias, e, de outro, a relação das famílias com a escola sugerem práticas comprometidas com a manutenção de formas de existir, mesmo em meio a um contexto de excepcionalidade. As duas últimas cenas, situadas a partir da configuração de tática, dão visibilidade às práticas cotidianas das famílias com suas crianças, ou seja, ao que entendemos serem relatos de pessoas ordinárias e que, justamente por meio dessa condição, apontam possibilidades de criação do novo.
  • Flipped Classroom: una experiencia para fortalecer el aprendizaje en Medicina Veterinaria

    Uribe,Alvaro Adriazola; Jimenez,Georgina Duran; Troncoso,Marcelo Flores (Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, 2020-01-01)
    Resumen Flipped Classroom (FC) es un modelo pedagógico, que utiliza las Tecnologías de la Información y la Comunicación (TIC), que consiste en intercambiar las actividades: lo que regularmente se veía en clase ahora se lleva para la casa y lo que se llevaba para la casa ahora se aborda en la clase. Es conocido por optimizar el tiempo del aula y por permitir un mayor desenvolvimiento de los estudiantes en colectividad. El modelo FC trae implícito el cambio de rol del profesor y el estudiante. El docente ya no es más quien da la cátedra, sino un mediador o guía que facilita las discusiones y las reflexiones, cede el control del aprendizaje brindando apoyo cuando el estudiante lo precisa. Mientras que el estudiante está más implicado, aprende a trabajar en equipo, desarrolla habilidades en la práctica y construye conocimiento colaborativamente. El objetivo de estudio fue analizar la interacción del FC en el trabajo colaborativo y construcción de conocimiento de estudiantes de Medicina Veterinaria (MV). La investigación se realizó a 44 estudiantes de MV, bajo la temática Clasificación de Fracturas en Pequeños Animales . Se distribuyeron en dos grupos: aula tradicional y FC. Los resultados cuantitativos se obtuvieron con el software SPSS, mientras que los datos cualitativos se analizaron por categorías. El FC fue un modelo que construyó conocimientos y favoreció el trabajo colaborativo entre los estudiantes en mayor medida que el aula tradicional.
  • Empatía histórica en futuros profesores de primaria: el trabajo infantil en el siglo XIX

    Carril-Merino,María Teresa; Sánchez-Agustí,María; Muñoz-Labraña,Carlos (Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, 2020-01-01)
    Resumen En esta investigación se estudia la implicación del factor emocional en el desarrollo de la empatía histórica y, por tanto, en la comprensión histórica, en una muestra de 164 futuros profesores. Una cuestión que ha generado fuertes controversias entre los que reivindican el papel de los afectos en la empatía histórica y aquellos que los cuestionan. Para ello, se utiliza como estrategia una actividad de contrariedad sobre el trabajo infantil en el siglo XIX, donde el componente afectivo está fuertemente comprometido en la interpretación del contexto. Para cumplir con este objetivo se plantea una investigación desde el paradigma cualitativo mediante un proceso de interpretación de las narrativas de los informantes con la ayuda del software ATLAS.ti. La sistematización de las respuestas a la actividad de contrariedad se realiza en función de cuatro categorías progresivas, que van desde una adopción de perspectiva condicionada por el presente hasta la comprensión e, incluso, recreación de un mundo social diferente. Los resultados de la investigación presentan que tan solo un pequeño grupo de alumnos/as realiza explicaciones contextualizadas, frente al resto de participantes que en mayor o menor medida vinculan su interpretación histórica a un marco emocional presentista. Es posible concluir, pues, que el factor emocional, cuando vulnera el marco presente de valores, no parece favorecer la comprensión de las circunstancias históricas que explican el trabajo infantil en épocas pasadas.
  • Importancia percibida de la motricidad en Educación Infantil en los centros educativos de Vigo (España)

    Alonso Álvarez,Yolanda; Pazos Couto,José María (Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, 2020-01-01)
    Resumen Hasta la actualidad, ha sido mucha la documentación que se ha publicado a cerca de la importancia de la motricidad en el desarrollo integral de los niños y niñas. Con esta investigación pretendemos aproximarnos al conocimiento de la realidad concreta de la práctica motriz y averiguar qué importancia se le da a la misma en el segundo ciclo de Educación Infantil en las escuelas del Ayuntamiento de Vigo, España. Se ha optado por una metodología mixta, ya que se han analizado tanto datos cualitativos como cuantitativos. Como parte de la investigación se han visitado 43 escuelas de Vigo, el 50% del total, obteniendo una muestra total de cincuenta cuestionarios, los cuales fueron cubiertos por los profesionales encargados de dar motricidad en estos centros. Así mismo, se han analizado las Memorias Verifica de las universidades gallegas y el Decreto 330/2009 de Educación Infantil. Tras los resultados obtenidos, se pudo concluir que la totalidad de los profesionales consideraban que es importante trabajar la motricidad en las aulas de Educación Infantil, pero más de la mitad, un 58%, indicaba que no se trabajaba lo suficiente. Además, se pudo observar que la formación dada en las universidades gallegas en relación a la motricidad era escasa.
  • Fatores influenciadores do desempenho acadêmico na graduação em administração pública

    Brandt,Jaqueline Zermiani; Tejedo-Romero,Francisca; Araujo,Joaquim Filipe Ferraz Esteves (Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, 2020-01-01)
    Resumo A temática do desempenho acadêmico tem despertado interesse de pesquisadores, sobretudo no Brasil, onde as pesquisas são escassas acerca deste tema. De acordo com a literatura, múltiplos fatores podem estar relacionados ao desempenho e influenciá-lo, como por exemplo, os fatores socioeconômicos, de identificação, acadêmicos e ligados às IES e cursos no Brasil. Este trabalho tem como objetivo analisar os fatores que influenciam o desempenho acadêmico dos alunos dos cursos de graduação em administração pública no Brasil, conforme os resultados do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) realizado em 2015, ano em que os estudantes dos cursos de administração pública foram avaliados pela primeira vez. A pesquisa de abordagem quantitativa baseia-se no uso de técnicas estatísticas de correlação bivariada e análise univariada. Constatou-se que quanto maior a renda familiar e a escolaridade dos pais melhor foi o desempenho dos estudantes dos cursos de administração pública no Enade. Outros fatores correlacionados positivamente foram: gênero masculino, etnia branca, idade abaixo da média de 32 anos e existência de financiamento (bolsa de estudos). Notou-se ainda que estudar semanalmente mais que três horas e trabalhar vinte ou mais horas semanais contribuiu para um bom desempenho. Os cursos de administração pública estarem localizados na região Sudeste e pertencerem às instituições de ensino superior privadas influenciaram positivamente no desempenho do Enade.
  • Ética em pesquisa em ciências sociais: regulamentação, prática científica e controvérsias

    ALVES,DANIELA ALVES DE; Teixeira,Wanessa Milagres (Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, 2020-01-01)
    Resumo O texto é resultado do mapeamento, feito por meio da análise de documentos e notícias disponíveis em arquivo ou na web, de controvérsias científicas a respeito da regulamentação da ética em pesquisa com seres humanos no Brasil. Apresentam-se as controvérsias referentes à regulamentação da ética em pesquisa com seres humanos no Brasil, desde a implementação e operacionalização de princípios bioéticos com a Resolução 01/1988, e as sucessivas mudanças legais ao longo do tempo até a visibilização das controvérsias em relação às Ciências Humanas, Sociais e Sociais Aplicadas (CHSSA). Em um segundo momento, são apresentadas as controvérsias advindas dessa medida e o desenrolar do debate público entre a CONEP e os atores das CHSSA presentes no GT Ciências Humanas até o advento da resolução CNS510/2016. Por fim, são apresentadas as seguintes especificidades da pesquisa em ciências humanas e sociais e suas implicações para a dimensão ética: lógica argumentativa, relacional e intersubjetiva, transparência, vulnerabilidade e proteção aos participantes. Conclui-se que a dimensão ética da pesquisa não é separada da dimensão metodológica de cada campo do conhecimento. Além disso, constatou-se que o alinhamento dos pesquisadores em ciências humanas e sociais na rede da regulamentação ética é frágil.
  • Escuela Media, Trabajo Joven, y hegemonía en la Argentina neodesarrollista: una mirada estructural

    Marcela,Leivas (Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, 2020-01-01)
    Resumen Este artículo presenta una serie de hallazgos que surgen del análisis de datos estadísticos sobre matrícula en la Educación Secundaria argentina, datos que son puestos en relación con indicadores sobre empleo joven para el mismo período. Los mismos se interpretan a la luz de los enfoques teóricos de las corrientes críticas de la Sociología de la Educación. A partir de recuperar análisis del Estado argentino para el período pos 2001, como un gobierno neodesarrollista, y de considerar sus características desde perspectivas gramscianas, se intenta interpretar al sistema educativo en tanto herramienta en la configuración de procesos de hegemonía. Procesos que para algunos autores configuran una hegemonía debil, debido a estar conducida por un gobierno que se adapta pragmáticamente a las exigencias de la coyuntura, y que termina reproduciendo una gestión de contradicciones las cuales se expresan, como se plantea en las conclusiones, también en la educación. Siendo así, se invita al lector a profundizar en el análisis del sistema educativo desde una perspectiva crítica proveniente de la Sociología de la Educación. Ésta permite vincular aquello que en numerosos análisis sobre el sistema educativo aparece desvinculadado, la relación Estado-hegemonía-educación. En este caso lo hace observando el comportamiento estructural de la población en edad formal de asistir a la educación secundaria: la juventud.
  • Hipóteses docentes sobre o fracasso escolar nos anos iniciais do Ensino Fundamental

    Prioste,Cláudia (Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, 2020-01-01)
    Resumo O fracasso escolar no Brasil é crônico e complexo, portanto, torna-se relevante uma escuta atenta daqueles que lidam com os desafios cotidianos das escolas públicas. Esta pesquisa teve o objetivo de identificar as hipóteses docentes sobre as dificuldades na aprendizagem escolar e analisar alguns aspectos subjacentes às explicações dadas por eles. A coleta de informações foi realizada por meio de 133 questionários e grupos focais com professores do Ensino Fundamental I. Utilizou-se a análise temática de conteúdo e frequências de palavras para sistematização e interpretação dos resultados. A maioria dos professores, 88%, afirma que as dificuldades de aprendizagem estão relacionadas principalmente à falta de apoio e de estímulo das famílias; 69% destacam os aspectos relacionados aos alunos, como falta de interesse, de atenção, de pré-requisitos, além de problemas emocionais e de indisciplina. Ressaltam, ainda, questões pertinentes às políticas públicas: redução da idade para matrícula no EF sem as devidas adaptações estruturais na escola, material didático inadequado e a progressão continuada sem apoio às crianças com dificuldades. Concluímos que tais explicações se, em um primeiro momento, sugerem preconceitos quanto às famílias e alunos, em uma análise criteriosa, revelam sintomáticas contemporâneas da sociedade de consumo, dissonâncias na relação família-escola e desvalorização da educação. As falas dos professores denunciam um mercado de apostilas e de formações que desqualificam seus saberes. Os cursos formativos, apelidados de deformações docentes, parecem descontextualizados das problemáticas concretas enfrentadas pelas instituições públicas. Por fim, as falas também evidenciam o universo de manipulações midiáticas dos interesses e valores das famílias e dos alunos.
  • Realidades y percepciones económicas de estudiantes universitarios como antecedentes de movilidad social en Colombia

    Martínez,Lina; Ramirez R,Enrique; Duarte,Hernán (Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, 2020-01-01)
    Resumen La educación superior es considerada uno de los principales mecanismos de movilidad social en América Latina. Con el objetivo de proveer información sobre la percepción de movilidad social entre estudiantes universitarios, en esta investigación se analiza la influencia de la educación superior en la percepción de movilidad social intergeneracional de estudiantes universitarios. En este artículo se analiza información sobre las características sociodemográficas de 1041 estudiantes universitarios de la ciudad de Cali y las condiciones socioeconómicas de sus padres. La información presentada proviene de encuestas directas a estudiantes universitarios. En el análisis se incluye un grupo de variables que dan cuenta de la percepción de los estudiantes respecto al gasto del dinero, el avance generacional y consideraciones sobre la dependencia económica futura que tendrán sus padres. De igual manera, se analiza información sobre trabajo, ingresos, niveles de consumo y expectativas salariales futuras. Encontramos que el nivel socioeconómico de los estudiantes no solo determina las condiciones actuales sino también las perspectivas que se tienen a futuro. En general, los estudiantes de nivel socioeconómico más bajo no sólo presentan las condiciones más adversas para desarrollar sus estudios superiores, sino que también sus expectativas a futuro son menores comparados con estudiantes de mayor nivel socioeconómico, lo cual limita el rol de la educación superior sobre la movilidad social de los estudiantes.
  • Plano de formação, letramento e práticas educativas na pedagogia da alternância

    Silva,Cícero da (Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, 2020-01-01)
    Resumo Com interesse de ampliar as pesquisas enfocando práticas educativas no âmbito da educação do campo, neste artigo, objetivamos analisar e compreender o processo de construção e implementação de um plano de formação nas atividades didático-pedagógicas da Escola Família Agrícola Zé de Deus (EFAZD), situada na área rural do município de Colinas do Tocantins, estado do Tocantins, Brasil. Esse plano integra o sistema educativo da pedagogia da alternância (PA) e é implementado nas escolas que assumem essa pedagogia. A pesquisa é de natureza etnográfica e de abordagem qualitativo-interpretativa nas análises dos dados. Os dados foram gerados em 2014 e são constituídos por trechos (transcritos) de uma entrevista, registros fotográficos de atividades práticas de estudos e reunião na escola, plano de formação de 2014, excertos do projeto político-pedagógico da escola-campo e textos de dois exemplares do gênero caderno da realidade produzidos por dois estudantes colaboradores da pesquisa. Os resultados do estudo mostram que a construção do plano de formação na EFAZD envolveu a comunidade e levou em consideração a realidade local dos estudantes, das famílias e das comunidades camponesas. Portanto, por meio da execução dos temas geradores dos planos de estudo elencados no plano de formação, há um diálogo efetivo na PA com um currículo mais condizente com a realidade do meio rural, uma vez que tais temas estão vinculados diretamente às atividades e à realidade socioprofissional do jovem camponês.
  • ERRATA

    Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, 2020-01-01
  • Educação patrimonial no ensino formal: consciência e participação cidadã

    Andrade,Larizza Bergui de; Lamas,Nadja de Carvalho (Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, 2020-01-01)
    Resumo O artigo decorre de uma pesquisa qualitativa sobre as pinturas murais do artista plástico Luiz Carlos da Silva, conhecido como Luiz Si, em 21 escolas municipais de Joinville, realizadas durante processo educacional previsto no projeto O Artista na Educação, idealizado e executado pelo próprio artista, entre os anos de 1996 a 2009. As pinturas, de grande porte, destacam-se em seu valor representativo por incluir às paisagens figuras que referenciam a cultura local. Seu valor representativo também diz respeito à ação socioeducativa promovida pelo artista, que objetivava dar acessibilidade às artes para comunidades periféricas. A situação material em que os murais se encontram na atualidade revela questões referentes ao patrimônio cultural e ao entendimento que as comunidades escolares têm sobre o seu valor, os conceitos que os envolvem e sua legitimação. Indicam também a falta de consciência dos indivíduos sociais no que diz respeito aos valores culturais que as manifestações populares representam na construção da cultura local e do país, cuja participação torna-se fundamental na legitimação do bem cultural que revela sua identidade e suas memórias, de acordo com os estudos atuais referentes ao patrimônio cultural. A pesquisa trabalhou com base teórica, levantamento e análise documental, investigação de campo e entrevistas com pessoas envolvidas no projeto do artista.
  • Práticas corporais na formação continuada de professoras: sentidos da experiência

    Ehrenberg,Mônica Caldas; Ayoub,Eliana (Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, 2020-01-01)
    Resumo Este artigo é parte de uma pesquisa de pós-doutoramento que se situa na tênue fronteira entre educação, educação física e arte, e versa sobre as relações entre a formação continuada de professoras e o lugar do corpo e da expressividade na educação. Objetivou-se que professoras de educação infantil e primeiras séries do ensino fundamental pudessem, a partir da experimentação, sensibilização e da percepção de seus corpos, compreender possibilidades educativas e artísticas da gestualidade. Para tal, organizamos um curso de extensão para professoras da educação infantil e primeiras séries do ensino fundamental da cidade de Campinas, em São Paulo, em que as mesmas vivenciaram atividades corporais e artísticas. Numa segunda etapa da investigação, constituímos um grupo focal a fim de discutirmos e compreendermos os sentidos atribuídos pelas professoras participantes ao curso realizado. Como resultado, pudemos ampliar as discussões fundamentais para o desenvolvimento das práticas corporais na formação docente, compreendendo essas práticas de maneira ressignificada a partir das ciências humanas, que compreendem todas as pessoas, incluindo as crianças, como produtoras de culturas, entre elas a cultura corporal. Também foi possível concluir que as experimentações corporais puderam mobilizar a produção de sentidos outros e, assim, tornaram-se uma experiência significativa na formação continuada das professoras participantes que se disseram tocadas e sensibilizadas pelas vivências, reconhecendo, desse modo, a potência que tais práticas podem ter na sua formação e ação profissional.
  • Produtivismo na pós-graduação na perspectiva da ergonomia da atividade

    Vieira,Marina Helena Pereira; Fontes,Andréa Regina Martins; Gemma,Sandra Francisca Bezerra; Montedo,Uiara Bandineli (Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, 2020-01-01)
    Resumo O objetivo deste artigo é analisar a atividade de trabalho docente de nível superior, identificando os constrangimentos a que os profissionais dessa categoria estão submetidos, devido, especialmente, ao sistema de avaliação da produção intelectual atrelado aos programas de pós-graduação. Foram estudadas as atividades do corpo docente que atua no departamento de Engenharia de Produção (EP) de uma universidade pública federal, no interior do estado de São Paulo. A escolha dessa temática considera que o trabalho docente passou a ter nova lógica nas rotinas acadêmicas, baseada na aceleração e intensificação de atividades e no estímulo à produtividade, que reproduz no âmbito universitário as características próprias do trabalho flexível. Quanto ao delineamento metodológico, esta pesquisa é classificada como descritiva, de abordagem qualitativa, complementada pela aplicação de um estudo de caso único, delineado pela abordagem metodológica da Análise Ergonômica do Trabalho (AET). Os resultados mostram que os docentes que atuam no programa de pós-graduação da instituição selecionada estão submetidos a constrangimentos e experimentam sentimento de frustração devido às cobranças por publicação em detrimento de outras atividades que consideram ter mais sentido e propósito. Parte dos docentes considera a avaliação da produção intelectual um processo opressivo e motivador de um produtivismo sem retorno, que não traduz o desempenho de um bom professor no exercício de suas atividades de ensino, pesquisa e extensão.

View more