Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências (Belo Horizonte) [Ensaio Research in Science Education] is a scientific publication of the Center for Science and Mathematics Education, CECIMIG (www.fae.ufmg/cecimig) – a center for science education research and outreach at the Faculty of Education at UFMG [Federal University of Minas Gerais] and of the Post-Graduate Education Program at UFMG. It is a publication of original research articles (empirical research reports or theoretical essays), articles of literature review (state of the art), and book reviews with themes of interest for the field of science education research. The journal seeks to attend to criteria of academic accuracy and social and educational relevance. The target public includes: researchers and post-graduate students in the areas of Scientific Education, Natural Sciences Education (Biology, Physics, Chemistry, Geosciences and Astronomy), Health and Environmental Education; undergraduate students and graduate students in the area of Natural Sciences and Related Technologies; researchers in related areas (Philosophy, Sociology, Psychology, Communication, etc.), working in collaboration with science education and teachers involved with science education at all levels (from pre-school through undergraduate courses).

News

The Globethics.net library contains articles of Ensaio Pesquisa em Educação em Ciências as of vol. 1(1999) to current.

Recent Submissions

  • ARTICULANDO CONHECIMENTOS CIENTÍFICOS E PRÁTICOS SOBRE ÁCIDOS/ BASES: UMA ANÁLISE DE FORMAS DE FALAR E MODOS DE PENSAR DE LICENCIANDOS EM QUÍMICA E CABELEIREIRAS

    SILVA,FLÁVIA CRISTIANE VIEIRA DA; AMARAL,EDENIA MARIA RIBEIRO DO (Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais, 2020-01-01)
    RESUMO: Este trabalho analisa formas de falar e modos de pensar sobre ácidos/bases a partir de significados construídos em duas situações distintas - na prática profissional de cabeleireiras, uma comunidade de prática, e na formação inicial de professores de química. A construção dos dados envolveu entrevistas individuais e semiestruturadas com cabeleireiras, e análise de relatórios e transcrição de falas de licenciandos quando relataram as suas interações com cabeleireiras, buscando identificar como elas compreendem ácidos/bases no contexto de tratamento capilar. Em geral, as cabeleireiras atribuem ao ácido sentidos não científicos associados a produtos para o cabelo usados na prática. No contexto acadêmico, foram identificados modos de pensar utilitarista/pragmático, substancialista, empirista, racionalista e relacional.
  • ENSINO DE BOTÂNICA E CLASSIFICAÇÃO BIOLÓGICA EM UMA ESCOLA FAMÍLIA AGRÍCOLA: DIÁLOGO DE SABERES NO CAMPO

    SILVA,IÊDA TANAN DA; FREIXO,ALESSANDRA ALEXANDRE (Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais, 2020-01-01)
    RESUMO: Neste trabalho, buscou-se estabelecer um diálogo de saberes em uma escola do campo, por meio de oficinas que explorassem a diversidade biológica das plantas. Para tanto, realizou-se um levantamento dos conhecimentos prévios de estudantes de uma Escola Família Agrícola sobre as plantas e seus modos de classificação, seguindo uma perspectiva etnobiológica, como meio de promover o diálogo entre o saber tradicional e o científico. O trabalho foi realizado com turmas do 6° e 8° anos do ensino fundamental e teve como suporte teórico-metodológico a pesquisa-ação. Os resultados demonstram que os estudantes têm amplo conhecimento das espécies vegetais que estão em seu cotidiano e utilizam critérios morfológicos e funcionais para categorizá-las. Percebeu-se ainda a significância de oficinas de ciências que abordam aspectos relacionados à classificação biológica, como um instrumento facilitador da aprendizagem de botânica e a valorização dos saberes da comunidade, proporcionando um diálogo entre conhecimento local e científico na escola.
  • REPRESENTAÇÃO SOCIAL DE COORDENADORES DE ÁREA DO PIBID-QUÍMICA SOBRE “EXPERIMENTAÇÃO”

    RECEPUTI,CAIAN CREMASCO; PEREIRA,THAIARA MAGRO; VOGEL,MARCOS; REZENDE,DAISY BRITO (Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais, 2020-01-01)
    RESUMO: A presente pesquisa tem como objetivo relatar o processo de investigação, análise e os respectivos resultados referentes ao estudo acerca das representações sobre “experimentação” de 172 Coordenadores de Área do PIBID-Química. Para isso, utilizou-se a Abordagem Estrutural da Teoria das Representações Sociais (RS). Para a obtenção das informações, empregou-se um questionário semiestruturado com questões referentes à técnica de livre associação de palavras ao termo indutor “experimentação”. Posteriormente, utilizaram-se proposições da Análise de Conteúdo para atribuir significado aos termos desta RS. A análise dos resultados conduziu às conclusões: i) investigação é o termo mais saliente do NC da RS sobre “experimentação” para estes sujeitos; ii) os Coordenadores de Área tendem a relacionar o desenvolvimento das atividades experimentais ao contexto escolar, levando em consideração as particularidades e problemas desse espaço; e, finalmente, iii) há relação entre a compreensão sobre “experimentação” dos licenciandos bolsistas do PIBID-Química e aquela dos Coordenadores de Área desses projetos.
  • APROXIMAÇÃO ENTRE A FILOSOFIA DE HUGH LACEY E O CAMPO EDUCACIONAL EM CIÊNCIA, TECNOLOGIA E SOCIEDADE

    CARDOSO,ANDIARA PEREIRA DOS SANTOS; Caluzi,João José; Santos,Rosemar Ayres dos (Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais, 2020-01-01)
    RESUMO: Este artigo objetiva estabelecer um diálogo entre o campo educacional em Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS) e a filosofia de Hugh Lacey, que mostra o papel desempenhado pelos valores na pesquisa tecnocientífica atual, oportunizando um novo olhar para as interrelações CTS. Desse modo, inspirados na Análise Textual Discursiva, aproximamos as categorias de Lacey com o enfoque CTS, resultando nas seguintes aproximações: (1) a inteligibilidade dos valores possibilita i) discutir a complexidade das relações CTS e, desse modo, ii) superar crenças distorcidas; (2) o desenvolvimento autêntico proposto por Lacey se aproxima do Pensamento Latino Americano em CTS devido i) ao endosso à participação pública na escolha de estratégias e ii) à necessidade de se voltar para o contexto e as prioridades locais; (3) a epistemologia de Lacey pode contribuir para o autoconhecimento do professor, auxiliando-o a refletir e concretizar seus objetivos educacionais.
  • FORMAÇÕES IMAGINÁRIAS DE PROFESSORES DOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENTAL SOBRE A FORMA DA TERRA E O CONCEITO DE GRAVIDADE

    LIMA,SORANDRA CORRÊA DE; NARDI,ROBERTO (Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais, 2020-01-01)
    RESUMO Este artigo analisa discursos de professoras dos anos iniciais do ensino fundamental sobre o planeta Terra e o conceito de gravidade. Os dados foram constituídos durante um curso realizado em serviço, em uma escola pública urbana do interior do estado de Minas Gerais, Brasil, com assessoria de pesquisadores da Universidade. Destacamos aqui as formações imaginárias das docentes, presentes em repostas e questionários, desenhos elaborados sobre o tema e reuniões de reflexão realizadas durante o projeto e interpretadas utilizando noções de Análise de Discurso estabelecidas por Pêcheux e Orlandi. A pesquisa mostra que o fato de as atividades ocorrerem em serviço e em cooperação com a universidade gerou diferenças em relação a projetos anteriores. Mostra, ainda, que as atividades baseadas em resultados de pesquisa anteriores, assim como as experiências das participantes do grupo, oportunizaram discussões sobre o planeta Terra e o conceito de gravidade, caminhando para a visão científica.
  • CENTRO DE TECNOLOGIA ACADÊMICA DA UFRGS COMO COMUNIDADE DE PRÁTICA E POSSIBILIDADE DE CRIAÇÃO DE ESPAÇOS NÃO FORMAIS DE APRENDIZAGEM: UM ESTUDO ETNOGRÁFICO

    MEGA,DANIEL FARIAS; ARAUJO,IVES SOLANO; VEIT,ELIANE ANGELA (Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais, 2020-01-01)
    RESUMO: A promoção de autênticas experiências de aprendizagem na formação discente é um desafio para a maior parte das instituições de ensino. A busca por iniciativas já em andamento que possam contribuir para alcançar este objetivo pode revelar possibilidades de ações futuras. No presente trabalho apresentamos os resultados de um estudo etnográfico no Centro de Tecnologia Acadêmica da UFRGS. Entendemos que seu modelo de gestão de conhecimento pode servir para o cultivo de ambientes não formais de aprendizagem. Como resultado, pudemos tipificar o CTA como uma Comunidade de Prática, identificando seus elementos estruturais. Tal caracterização pode inspirar a criação de centros similares em outras instituições de ensino, auxiliando, assim, profissionais interessados em ampliar as oportunidades formativas de seus estudantes.
  • CONCEPÇÕES E REPRESENTAÇÕES SOCIAIS DE PROFESSORES SOBRE A SUA FORMAÇÃO INICIAL: CONSTRUÇÃO E VALIDAÇÃO DE UM QUESTIONÁRIO

    MAGALHÃES JÚNIOR,CARLOS ALBERTO DE OLIVEIRA; CORAZZA,MARIA JÚLIA; KIOURANIS,NEIDE MARIA MICHELLAN; Pansera-de-Araújo,Maria Cristina; OLIVEIRA,ANDRÉ LUIS; MARICATO,FÚLVIA ELOÁ; SCHNEIDER,EDUARDA MARIA; ORTIZ,ADRIANO JOSÉ; Carmo,Tânia do; CARVALHO,JOICI LEITE DE (Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais, 2020-01-01)
    RESUMO: Este estudo versa sobre a validação de um questionário aplicado aos licenciandos do primeiro e último ano das licenciaturas em Biologia, Ciências, Física, Química e Pedagogia, sendo selecionadas duas diferentes instituições para cada curso. O instrumento de pesquisa passou pela validação semântica, realizada por seis pesquisadores doutores das áreas de Ensino (Biologia, Física e Química) e a aplicação de um teste piloto com licenciandos do curso de Biologia. Após a análise semântica e o teste piloto, três assertivas foram eliminadas, ficando o questionário final constituído por 81 assertivas. Para avaliar a confiabilidade do instrumento (validação estatística) foi realizado o teste de Alpha de Cronbach, análise fatorial, Kaiser-Meyer-Olklin (KMO) e o de Esfericidade de Bartlett. Após a aplicação dos testes foram eliminadas 30 assertivas, tornando possível a Análise dos Componentes Principais (ACP). O número amostral foi considerado satisfatório para a sistematização e análise dos dados, quando analisado o valor do KMO.
  • A EDUCAÇÃO CIÊNCIA, TECNOLOGIA E SOCIEDADE NO CURSO DE LICENCIATURA EM CIÊNCIAS DA UFPR LITORAL

    DOMICIANO,TAMARA DIAS; LORENZETTI,LEONIR (Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais, 2020-01-01)
    RESUMO: A Educação Ciência, Tecnologia e Sociedade (CTS) corresponde a um Ensino de Ciências socialmente comprometido. Contudo, para que essa abordagem ocorra no ambiente escolar, é preciso discutir, na formação de professores, a educação CTS. Devido a particularidades que apontam esse caminho, o curso de Licenciatura em Ciências da UFPR Litoral tornou-se alvo desta pesquisa que objetiva analisar as abordagens da educação CTS presentes no Projeto Pedagógico do Curso de Licenciatura em Ciências da UFPR Litoral, na percepção e na prática dos docentes formadores. A partir de um estudo de caso, com base no Projeto Pedagógico do Curso, observações e entrevistas, foi possível constatar abordagens da educação CTS crítica, com potencialidade de formar professores críticos, que compreendem as relações sociais da ciência e da tecnologia, e conscientes de seu papel social.
  • EDUCAÇÃO DO CAMPO NA VOZ DA PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS

    SOUZA,JOSIANE DE; Ostermann,Fernanda; REZENDE,FLAVIA (Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais, 2020-01-01)
    RESUMO: O número expressivo de cursos de licenciatura em educação do campo com ênfase em ciências da natureza, iniciados a partir de 2009 no Brasil, torna relevante a relação entre educação em ciências e educação do campo. Levantamos, na literatura nacional e internacional em educação em ciências, artigos que abordavam a educação do campo e analisamos como era construída discursivamente a aproximação com essa área. Uma análise Bakhtiniana sugeriu discursos híbridos valorizando a realidade local, mas se apropriando do conhecimento científico e/ou do ensino de diferentes maneiras: sem modificação de conteúdos pré-selecionados; com seleção de conteúdos a partir de problemas locais; e com modificações das práticas de ensino. Consideramos os últimos grupos adequados ao que conceituamos como educação científica do campo.
  • CAMINHOS EDUCATIVOS PARA UM MELHOR CONVÍVIO ENTRE HUMANOS E ONÇAS

    HOFSTATTER,LAKSHMI JULIANE VALLIM; OLIVEIRA,HAYDÉE TORRES DE (Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais, 2020-01-01)
    RESUMO: Esta pesquisa ocorreu na Caatinga baiana, imbricada a um curso de Educação Ambiental para professoras/es, objetivando melhor compreender os conflitos entre humanos e onças (Panthera onca e Puma concolor), e propor caminhos educativos para superá-los. Os dados foram coletados por questionários, entrevistas com caçadores, causos de onças e grupo focal. Evidenciou-se que o sentimento humano predominante em relação às onças é o medo, e que existem diferentes motivações para a sua caça. Entretanto, a difícil vida na Caatinga contribui para que elas sejam vistas pela comunidade como competidoras pelos recursos naturais. Indicamos uma educação sensibilizadora e contextualizada à realidade local, que busque soluções conjuntas para os conflitos.
  • A CONCEITUALIZAÇÃO DE MODELOS EM FÍSICA: APROXIMAÇÕES E DISTANCIAMENTOS ENTRE AS VISÕES DE MARIO BUNGE E GÉRARD VERGNAUD

    Machado,Juliana; Braga,Marco (Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais, 2020-01-01)
    RESUMO: Esse estudo visa contribuir para o entendimento do processo de conceitualização de modelos no ensino-aprendizagem de Física articulando dois referenciais teóricos de análise: um referencial epistemológico - a teoria sobre modelos de M. Bunge - e um referencial cognitivo - A Teoria dos Campos Conceituais de G. Vergnaud. Ao discutir aproximações e distanciamentos entre as visões desses autores, apontamos a compatibilidade entre as suas compreensões sobre a natureza do conhecimento e sobre a relação entre o conhecimento e seu referente, que constitui um aspecto-chave da modelização. Concluímos que esses dois referenciais teóricos podem ser articulados e defendemos que essa articulação pode contribuir para avançar no entendimento de como os estudantes conceitualizam o processo de modelização e os próprios conceitos científicos na aprendizagem científico-escolar.
  • AVALIAÇÃO ADEQUADA AO CURRÍCULO? O QUE DIZEM OS CONTEÚDOS SOLICITADOS NAS PROVAS DE BIOLOGIA DOS EXAMES NACIONAIS EM PORTUGAL E NO BRASIL

    SILVA,DAISY DA; VAZ-REBELO,PIEDADE; CANHOTO,CRISTINA (Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais, 2020-01-01)
    RESUMO: Analisar a correspondência entre os princípios orientadores do currículo da disciplina de Biologia e o Exame Nacional em Portugal e do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) no Brasil foi o objetivo desta pesquisa. Para tanto se desenvolveu um estudo empírico documental de análise das questões das provas de Biologia dos Exames supracitados. Constatou-se que ambos os Exames têm um número reduzido de questões de Biologia para testar os diversos conteúdos indicados pelos documentos oficiais, bem como privilegiaram determinados conteúdos. Em se tratando de testar os saberes científicos, Portugal supera o Brasil, pois, apresenta na estrutura de seu Exame questões dissertativas. Os Exames Nacionais podem vir a padronizar, em termos de conhecimento, o que será ensinado ao exigirem mais questões relativas a determinado tema.
  • ASTRONOMIA CULTURAL: ANÁLISE DE MATERIAIS E CAMINHOS PARA A DIVERSIDADE NAS AULAS DE CIÊNCIAS DA NATUREZA

    RODRIGUES,MARTA DE SOUZA; LEITE,CRISTINA (Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais, 2020-01-01)
    RESUMO: A astronomia cultural estuda a produção de saberes sobre o céu atrelada às manifestações socioculturais dos povos, possuindo a potencialidade de abordar a diversidade cultural no contexto das aulas de ciências da natureza. Este trabalho, de natureza teórica, consiste em uma análise de doze materiais e propostas didáticas que abordaram a astronomia cultural, e investigou dois principais aspectos: os temas de maior recorrência e as abordagens ao multiculturalismo. Os resultados indicaram a maior recorrência de narrativas sobre o funcionamento do universo e os asterismos de algumas etnias indígenas, além de narrativas sobre entes celestes, a construção de calendários, entre outros. Da abordagem ao multiculturalismo, identificou-se uma polarização entre um viés diferencialista, que valoriza as diferenças culturais dos grupos, e uma postura intercultural, com ênfase no diálogo entre variadas culturas.
  • UMA VISÃO CONSERVADORA SOBRE O PLÁGIO? REFLEXÕES A PARTIR DE UM LEVANTAMENTO SOBRE A PERSPECTIVA DE UMA POPULAÇÃO DE ALUNOS BRASILEIROS DO ENSINO MÉDIO

    SANTOS,CHRISTIANE COELHO; VASCONCELOS,SONIA MARIA RAMOS DE (Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais, 2020-01-01)
    RESUMO: Este estudo oferece uma perspectiva sobre o plágio no âmbito do ensino de ciências na educação básica. Os alunos pesquisados estão inseridos em uma instituição federal brasileira e os resultados são apresentados em diálogo com pesquisa anterior, com professores de ciências, na mesma instituição. Realizamos uma survey em 2016 com uma população de 427 estudantes da 3ª série do ensino médio, 29,6% do total de discentes nessa mesma série em todos os campi da instituição. Do total de 427 participantes, 98,1% responderam e nos permitiram oferecer um panorama sobre suas percepções e atitudes sobre o plágio na escola. Os resultados indicam, nessa população pesquisada, uma visão sobre o plágio talvez mais conservadora do que se esperaria para alunos do ensino médio. Além da pesquisa oferecer uma perspectiva sobre o problema na educação em ciências, faz uma provocação sobre a urgência de investigações sobre a prática de plágio na educação básica.
  • RELAÇÕES ARTICULADORAS: VIABILIZANDO O USO INSTRUMENTAL DO LOSANGO DIDÁTICO EM SEQUÊNCIAS DE ENSINO-APRENDIZAGEM

    Colombo Junior,Pedro Donizete; SILVA,CIBELLE CELESTINO (Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais, 2020-01-01)
    RESUMO: Este artigo propõe a instrumentalização do construto didático losango didático proposto por Méheut e Psillos como um guia para organizar a construção de sequências de ensino-aprendizagem a partir do delineamento de relações articuladoras. O losango didático é formado pelos eixos epistêmico e pedagógico, ligando os vértices professor, alunos, mundo material e conhecimento científico. Ocorre que a essência teórica do losango didático não sustenta um caráter instrumental que lhe permita transitar de forma clara e utilitária nos domínios escolares. Propomos relações articuladoras que oferecem suporte para design e desenvolvimento de sequências de ensino-aprendizagem. Ao promover o caráter instrumental do losango didático cria-se oportunidades para romper fronteiras disciplinares, promover atualização metodológica e mediar conhecimentos em um viés de participação ativa do aluno.
  • PROCESSO DE FORMAÇÃO DO CONCEITO DE COR EM CRIANÇAS DE 8 - 10 ANOS: BUSCANDO INVARIANTES OPERATÓRIOS

    CARVALHO JUNIOR,GABRIEL DIAS DE; CARVALHO,ANDRESSA XAVIER ZINATO DE; ZACARIAS,RÍSSIA DA SILVA; PINTO,MAÍRA DE OLIVEIRA (Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais, 2019-01-01)
    RESUMO: Este trabalho foi resultado de uma pesquisa conduzida com 63 crianças de 8 - 10 anos de uma escola pública de Minas Gerais, que está inserida em uma pesquisa longitudinal ainda em curso. Nosso objetivo era identificar invariantes operatórios utilizados pelas crianças em uma situação que envolvia a formação de cores e sombras, por meio de experimentos com projetor. Acompanhamos as soluções propostas pelas crianças e seus registros gráficos. Usamos a Análise de Conteúdo de Bardin e realizamos a identificação dos invariantes operatórios com base na Teoria dos Campos Conceituais. As conclusões indicam que crianças concebem as cores como intensidades distintas de claridade e escuro. Nossa contribuição original é o uso da Teoria dos Campos Conceituais para interpretar o processo conceitualização de cor em crianças.
  • DES/FIANDO DIÁLOGOS SOBRE O CONCEITO DE CADEIA ALIMENTAR EM UMA AULA DE CIÊNCIAS NOS ANOS INICIAIS DO ENSINO FUNDAMENAL

    Almeida,Sheila Alves de; Lima,Guilherme da Silva; Pereira,Bárbara Luiza Alves (Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais, 2019-01-01)
    RESUMO: Este trabalho analisa as estratégias utilizadas por uma professora no ensino do conceito de cadeia alimentar e os sentidos e significados produzidos pelas crianças em uma aula de Ciências nos anos iniciais do Ensino Fundamental. Com base em estudos sobre a linguagem, foram analisados dois eventos distintos realizados nessa aula que contemplam as interações verbais sobre o conceito de cadeia alimentar. Em um primeiro momento observou-se a apresentação do conceito de cadeia alimentar pela professora e como as crianças produzem sentidos às palavras durante o processo de compreensão do conceito. No segundo, identificaram-se a apresentação de outros conceitos relacionados à temática da aula e as dificuldades que a compreensão do modelo de cadeia alimentar traz consigo. Assim, partindo de pressupostos bakhtinianos e da perspectiva histórico-cultural, a questão fundamental presente neste artigo é a discussão da natureza dialógica do processo de compreensão do conceito de cadeia alimentar.
  • ESTADO DA ARTE SOBRE O PIBID COMO ESPAÇO DE FORMAÇÃO DE PROFESSORES NO CONTEXTO DO ENSINO DE QUÍMICA

    NOGUEIRA,KEYSY SOLANGE COSTA; FERNANDEZ,CARMEN (Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais, 2019-01-01)
    RESUMO: Este estudo teve por objetivo analisar o impacto do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) na formação da tríade - pibidianos, coordenadores e supervisores, no contexto do Ensino de Química. Mapeou-se a literatura entre 2008 a 2018, em eventos nacionais, artigos, teses e dissertações referentes ao Ensino de Ciências e Química. Foram catalogados inicialmente 761 trabalhos nos eventos, 456 artigos e 523 teses e dissertações. Desses estudos, apenas 52, 16 e 20, respectivamente, referiam-se ao tema de investigação. Realizou-se análise de conteúdo a partir de categorias da literatura e emergentes dos dados. A análise revelou que o PIBID propiciou aos pibidianos a vivência no futuro espaço profissional, participação em eventos científicos e estudos sobre referenciais teóricos; e que os supervisores se reconheceram como coformadores dos pibidianos. Entretanto, somente um dos estudos apontou os impactos na formação do coordenador, revelando lacunas importantes a serem respondidas por estudos futuros.
  • CONTRIBUIÇÕES DA SOCIOLOGIA PARA O ESTUDO DA DIVULGAÇÃO CIENTÍFICA NA INTERFACE CAMPO CIENTÍFICO E ESPAÇO ESCOLAR: UM OLHAR A PARTIR DO CONCEITO DE FRONTEIRA

    Watanabe,Graciella; MUNHOZ,MARCELO GAMEIRO; Kawamura,Maria Regina (Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais, 2019-01-01)
    RESUMO: A investigação apresentada nesse artigo pretende discutir as potencialidades de se pensar a divulgação científica como prática elaborada nas aproximações entre campos e espaços sociais. Para tanto, pretende-se debater o conceito sociológico de fronteira como o lugar onde diferentes agentes sociais possam se aproximar e construir coletivamente espaços criativos. Dessa atividade compartilhada se reconhece a construção de práticas e sentidos cujo objetivo seja a negociação de ações de divulgar que se faça significativa para todos aqueles que participam dela, ou seja, cientistas, jornalistas, alunos, professores, público geral etc. Nesse contexto, se defende, através dos cientistas analisados, que a fronteira pode ser um instrumento importante para compreender como estão sendo tratadas, implicitamente, tais práticas e o desvelamento dos diferentes objetivos implícitos que delas emergem.
  • ORGANIZAÇÃO CURRICULAR NA PERSPECTIVA FREIRE-CTS: PROPÓSITOS E POSSIBILIDADES PARA A EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS

    ALMEIDA,ELIANE DOS SANTOS; Gehlen,Simoni Tormöhlen (Faculdade de Educação da Universidade Federal de Minas Gerais, 2019-01-01)
    RESUMO: Em um processo formativo de professores, balizado na Investigação Temática, investigaram-se os propósitos educacionais durante a seleção dos conteúdos programáticos para construção da Rede Temática. Para tal, foram analisadas videogravações de um curso, que possibilitou o estabelecimento de três categorias, baseadas em uma matriz de referência sobre Ciência-Tecnologia-Sociedade (CTS), quais sejam, o desenvolvimento de: a) percepções entre o conhecimento científico e o cotidiano do educando; b) questionamentos de situações locais; e c) compromissos sociais. A identificação destes propósitos corrobora para a defesa de que a Investigação Temática pode nortear a construção de currículos humanizadores, isso porque possibilita a autonomia e engajamento dos educandos e educadores diante de demandas sociais e a articulação entre os processos de concepção e execução de currículos.

View more