The journal História da Educação is maintained by the Rio Grande do Sul Association of Researchers in História da Educação, with the support of the Federal University of Rio Grande do Sul, Federal University of Santa Maria and the Federal University of Pelotas. It has been published quarterly in Brazil since 1997. The topic it covers is the field of História da Educação and its mission is to be a vehicle for the dissemination of studies in historiography of education. It aims mainly at disseminating the results of research done by teachers and undergraduate and graduate students, and its target public is teachers, students, researchers and people interested in history of education. História da Educação was the first brazilian journal specialized in this field. The inaugural issue was published on April 28, 1997, on the occasion of the first meeting of the Associação Sul-Rio-Grandense de Pesquisadores em História da Educação, which took place in São Leopoldo/RS.

News

The Globethics.net library contains articles of História da Educação as of 1(1997) to current.

Recent Submissions

  • Educación y transformación social: el proyecto educativo para las mujeres en el imaginario anarquista

    González Pérez,Teresa (Associação Sul-Rio-Grandense de Pesquisadores em História da Educação, 2013-04-01)
    A lo largo de la historia el movimiento obrero ha emprendido diversas acciones educativas para mejorar su condición social. Tanto socialistas como anarquistas se convirtieron en el principal agente educador y crearon instrumentos propios de educación y cultura para sus militantes. El programa alternativo de los anarquistas para los sectores populares se plasmó en escuelas nocturnas y dominicales, conferencias, charlas, cursos y lecturas. Además de atender a la instrucción también difundieron su ideario emancipador. En este artículo pretendemos estudiar la educación de las mujeres en el proyecto de transformación social presente en el ideario anarquista. El principal objetivo se centra en analizar las alternativas de formación que defendían los anarquistas para las mujeres españolas entre la segunda mitad del siglo 19 y el primer tercio del siglo 20. De los resultados obtenidos constatamos que las mujeres se hallaban integradas en los grupos ácratas y en su discurso la educación fue una constante en su lucha. Desde el siglo 19 planteaban la igualdad y en su trayectoria desarrollaron diversas acciones encaminadas a tal fin. La emancipación afectaba al ámbito público y privado, en una sociedad antiautoritaria y antijerárquica. No obstante, pese a sus avanzados planteamientos no se desprendió de los estereotipos ni rompió con el modelo tradicional y las creencias discriminatorias de la época.
  • IGUALDADE E DIFERENÇA: DIÁLOGOS SOBRE O CAMPONÊS, A MULHER E A CRIANÇA NO ROMANCE NOVENTA E TRÊS DE VICTOR HUGO

    Ferraro,Alceu Ravanello (Associação Sul-Rio-Grandense de Pesquisadores em História da Educação, 2016-04-01)
    Este trabalho aborda a relação entre igualdade e diferença no romanceNoventa e três de Victor Hugo, que trata da Guerra da Vendeia (1793), isto é, a contrarrevolução pelo restabelecimento da monarquia na França. Nesse romance histórico o autor discute, particularmente, duas concepções em conflito entre os revolucionários franceses, representadas pela espada e pelo machado, sobre o tipo de república a implantar e a possibilidade de igualdade do camponês, da mulher e da criança em relação, respectivamente, ao citadino, ao homem e ao adulto. Quanto ao destino da criança ganham relevo, no romance, as duas utopias revolucionárias em disputa: a caserna obrigatória e a escola obrigatória.
  • LA PRENSA PEDAGÓGICA EN LA RECONSTRUCCIÓN DEL PASADO EDUCATIVO: EL CASO DE LA REVISTA ESCUELAS DE ESPAÑA (1929-1936)

    Santos,Rosa Ortiz de; Egido,Luis Torrego (Associação Sul-Rio-Grandense de Pesquisadores em História da Educação, 2018-12-01)
    Resumen Escuelas de España es una de las revistas pedagógicas más representativas de la educación y de las escuelas de la Segunda República en España. La revisión de los estudios internacionales sobre la prensa pedagógica evidencia el escaso tratamiento de la revista por parte de la investigación histórico-educativa. Este artículo pretende contribuir a paliar esa carencia, pues en él se realiza un análisis descriptivo de la publicación, partiendo de su valor como patrimonio pedagógico que permite investigar la educación y la renovación pedagógica realizadas desde 1929 hasta 1936. Se estudian su origen, propósitos y características, la estructura, las secciones y los contenidos, así como a sus protagonistas, destacando a los tres maestros que la fundaron y dirigieron.
  • LITERATURA PARA A ESCOLA PRIMÁRIA E EDUCAÇÃO DO CIDADÃO REPUBLICANO, NA REVISTA DE ENSINO (SP-BRASIL) - 1902/1918

    Mortatti,Maria do Rosário Longo (Associação Sul-Rio-Grandense de Pesquisadores em História da Educação, 2018-12-01)
    Resumo Visando a contribuir para compreender aspectos inexplorados da história da literatura infantil, do ensino de leitura e escrita e da educação no Brasil, enfoca-se a Seção “Literatura infantil” da Revista de Ensino, editada entre 1902 e 1918, pela Associação Beneficente do Professorado Público Paulista. Por meio da análise da configuração dos textos publicados na Seção, constata-se que as traduções/adaptações, paráfrases ou textos originais de autores brasileiros ou estrangeiros integram o corpus precursor da literatura infantil brasileira, tendo contribuído para disseminar a concepção de literatura infantil oscilante entre gênero didático e gênero literário, articuladamente à função da escola primária, no projeto republicano de modernização social e cultural necessária à construção da nação.
  • O COLÉGIO DE APLICAÇÃO/UFRGS E A DIFUSÃO DAS CLASSES EXPERIMENTAIS SECUNDÁRIAS: ENTRE O ARQUIVO E A MEMÓRIA ORAL (1959- 1981)

    Lima,Valeska Alessandra de; Almeida,Doris Bittencourt (Associação Sul-Rio-Grandense de Pesquisadores em História da Educação, 2018-12-01)
    Resumo O artigo investiga memórias do Colégio de Aplicação (CAp/Ufrgs), instituição de ensino que se constituiu como uma espécie de vanguarda pedagógica na sociedade porto-alegrense. Discute-se a implantação das classes experimentais secundárias, como uma apropriação das Classes Nouvelles francesas. Documentos orais e arquivísticos foram examinados e permitem inferir que o CAp é produto do seu tempo, representa a propagação dos discursos de renovação educacional, sobretudo os estudos de Psicologia que passaram a ocupar espaço relevante nas questões escolares e na formação de professores. As práticas educativas do CAp evidenciam a circularidade cultural entre educadores, especialmente franceses e brasileiros que, por muitos anos, estiveram ligados pelas missões e intercâmbios pedagógicos.
  • HORACE LANE: CONSULTOR DA INSTRUÇÃO PÚBLICA PAULISTA E PARTICIPAÇÃO NA EXPOSIÇÃO INTERNACIONAL DE ST. LOUIS (1885-1912)

    Silva,Ivanilson Bezerra da (Associação Sul-Rio-Grandense de Pesquisadores em História da Educação, 2018-12-01)
    Resumo O artigo analisa a atuação de Horace Manley Lane na instrução pública paulista entre os anos de 1885-1912. Pontuamos que Horace Lane, como consultor da educação pública paulista, foi um dos articuladores da presença de Oscar Thompson e Carlos Reis na Exposição Internacional de St. Louis em 1904. Além disso, acentuamos que a relação entre eles se dava em torno da educação, porém a de Horace Lane e Carlos Reis era fortalecida através da maçonaria. Além dos relatórios encaminhados por Horace Lane aos Trustees nos Estados Unidos, trazemos para a discussão o documento: Education in the State of São Paulo muito pouco conhecido no âmbito da História da Educação, e que representa uma importante fonte, que do nosso ponto de vista, materializa a atuação de Horace Lane como consultor da instrução pública paulista.
  • ENTRE IDAS E VINDAS: VICISSITUDES DO MÉTODO CASTILHO NO BRASIL DO SÉCULO XIX

    Boto,Carlota; Albuquerque,Suzana Lopes de (Associação Sul-Rio-Grandense de Pesquisadores em História da Educação, 2018-12-01)
    Resumo As escolas de primeiras letras nas diferentes províncias brasileiras, ao longo do século XIX, tinham seus fazeres influenciados por métodos de ensino internacionalmente postos no território das ideias pedagógicas da Modernidade. Uma ação pontual foi a vinda do poeta e educador português António Feliciano de Castilho (1800-1875) para apresentação de seu método na Corte brasileira. O curso dado por Castilho passou por momentos de rejeição explícita, implicando inclusive o cancelamento do mesmo curso; o que suscita diversos questionamentos: Quais motivos levaram à rejeição do método de Castilho e o cancelamento de seu curso na Corte brasileira? Quais as perspectivas pedagógicas e quem é o professor que, ao defender o método Jacotot, estabeleceu diversos debates com Castilho?
  • A HISTÓRIA DO ENSINO DA FILOSOFIA NO SISTEMA ESCOLAR FRANCÊS E BRASILEIRO

    Sardá,Daniela Nienkötter (Associação Sul-Rio-Grandense de Pesquisadores em História da Educação, 2018-12-01)
    Resumo O presente artigo tem como objeto a história do ensino da filosofia no sistema escolar francês e brasileiro. Nosso objetivo é mostrar que, na França, onde o ensino da filosofia está presente nos currículos escolares há séculos, sua importância foi questionada apenas algumas vezes ao longo da história; ou seja, sua história é marcada por uma estabilidade. Por outro lado, verificou-se que no Brasil o ensino da filosofia é marcado por uma instabilidade. Chegamos a essa conclusão graças a uma análise comparativa de discursos, cuja questão de pesquisa concerniu às representações sociais acerca da filosofia, na França e no Brasil. Ao buscarmos as causas que explicavam as representações sociais diferentes em ambos os países, pudemos verificar a que ponto o ensino da filosofia na França é estável, enquanto que no Brasil ele é marcado por idas e vindas nos currículos escolares.
  • LA IDENTIDAD DOCENTE ANTE LOS NUEVOS DEBATES EDUCATIVOS: UN ANÁLISIS DESDE LA HISTORIA DE LA EDUCACIÓN

    González-Delgado,Mariano (Associação Sul-Rio-Grandense de Pesquisadores em História da Educação, 2018-12-01)
  • POR UNA EDUCACIÓN PARA TODOS: LAS PERSPECTIVAS FORMATIVAS EN DOS PERIÓDICOS REVOLUCIONARIOS DURANTE LAS PRIMERAS DÉCADAS DEL SIGLO XX

    Trujillo,Eduard Esteban Moreno (Associação Sul-Rio-Grandense de Pesquisadores em História da Educação, 2018-12-01)
    Resumen El objetivo de este texto es realizar un análisis del discurso en torno a la formación de los sectores populares expuesto por dos importantes periódicos radicales de comienzos del siglo XX en Brasil y Colombia. Para el caso Colombiano se aborda el estudio del periódico La Humanidad entre los años 1925 y 1927. Para el caso brasilero se estudia el periódico A Plebe entre 1917 y 1920. Así, en el contexto de una fuerte movilización popular derivada de la cuestión social, además de la párvula constitución del campo de la izquierda local, los intelectuales-populares que escribieron en las páginas de estos periódicos concibieron una educación “racionalista” e inclusiva dirigida a los sectores populares. A partir de la construcción colectiva de un sentido educativo, se compusieron complejos imaginarios sobre el ser obrero y popular, sobre el pasado y el futuro, pero sobre todo, de las lógicas que debían guiar la revolución como un ejercicio formativo. De este modo, el proceso educativo fue concebido como el devenir de la conciencia y el descubrimiento de la verdad “científica”. El texto desarrollará cuatro momentos: 1. Los contextos sociales y políticos; 2. Los periódicos como mecanismos de difusión de las ideas; 3. Los discursos educativos expuestos por los textos; 4. Finalmente se plantea una suerte de conclusión en torno a los condicionamientos metodológicos de la comparación, y los alcances de los discursos educativos con relación a la práctica de los sujetos y la posible mirada del historiador.
  • UMA HISTÓRIA DAS CIÊNCIAS FÍSICAS, QUÍMICAS E NATURAIS NO ENSINO SECUNDÁRIO (1882-1950)

    Alves,Eva Maria Siqueira; Gama,João Paulo Oliveira (Associação Sul-Rio-Grandense de Pesquisadores em História da Educação, 2018-12-01)
    Resumo Investigar o processo de organização das cadeiras de Ciências Físicas, Químicas e Naturais no período de 1882 a 1950 é o objetivo desse artigo. Para tanto utilizamos como fontes textos normativos da legislação que regulam essas cadeiras no ensino secundário, notadamente em Sergipe, documentos manuscritos como atas, ofícios, relatórios, livro de visitas, dentre outros salvaguardados no Centro de Educação e Memória do Atheneu Sergipense - Cemas, e fotografias de professores em excursões, aulas, laboratórios, gabinetes, reuniões. As palavras e imagens revelam os programas de ensino, os personagens atuantes da história, os momentos que necessitaram registrar práticas das suas aulas no processo de constituição e consolidação das Ciências Físicas, Químicas e Naturais no ensino secundário sergipano.
  • DISCURSOS PROFERIDOS PELO REI D. PEDRO V NAS SESSÕES SOLENES DE ATRIBUIÇÃO DE PRÉMIOS NA ESCOLA REAL DE MAFRA (1858-1860)

    Silva,Carlos Manique da (Associação Sul-Rio-Grandense de Pesquisadores em História da Educação, 2018-12-01)
  • PENSAR O SUJEITO MODERNO ATRAVÉS DA HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO: ENTREVISTA COM CARLOTA BOTO

    Ripe,Fernando Cezar; Amaral,Giana Lange do (Associação Sul-Rio-Grandense de Pesquisadores em História da Educação, 2018-12-01)
  • REGRAR O TUMULTO DAS PALAVRAS, PENSAR AS PRÁTICAS DE ESCRITA DA NARRATIVA HISTÓRICA

    Stephanou,Maria (Associação Sul-Rio-Grandense de Pesquisadores em História da Educação, 2018-12-01)
  • RESEARCH AND TEACHING WITH PHOTOGRAPHS: HISTORICAL AND EDUCATIONAL PHOTOGRAPHY RESOURCES IN ILLUSTRATED MAGAZINES (MAJORCA, SPAIN, 1902-1936)

    Salas,Xavier Motilla; Gómez,Sara González (Associação Sul-Rio-Grandense de Pesquisadores em História da Educação, 2018-12-01)
    Abstract The origins of the illustrated press on the island of Majorca (Spain) date to the last two decades of the 19th century when visual records received a major push thanks to the consolidation of new graphic printing techniques, favouring more illustration and photography in the local press - an aspect that further strengthened in the early 20th century in news magazines. Subsequently, and running parallel to the development of international print media, photography was introduced into different media publications in Majorca, often adopting the term 'illustrated magazine'. And the news reports in these general or specialised illustrated publications are precisely where we come across different photographic and/or photojournalism reports on schools and education in general in Majorca, as well as illustrated advertising for education establishments. This article will offer an approach and analysis of the photographic resources contained in the different illustrated magazines on the island from the first three decades of the 20th century. We will also look at the image of schools from the period and the out-of-school education they provided, as well as the possible potential and uses the images represent for didactics in the history of education field.
  • PATRICIO CARIOLA BARROILHET Y SU APORTE A LA RENOVACIÓN PEDAGÓGICA EN LA SEGUNDA MITAD DEL SIGLO 20 EN CHILE

    Escudero,Jaime Caiceo (Associação Sul-Rio-Grandense de Pesquisadores em História da Educação, 2015-12-01)
    ResumenSe persigue dar a conocer algunos antecedentes biográficos de Patricio Cariola y destacar el aporte que su acción pedagógica significó para la educación chilena y latinoamericana. Su principal obra se centra en la fundación de uno de los centros de investigación y desarrollo de la educación - Cide - más significativos de América Latina. Desde allí se preocupó, especialmente durante la dictadura militar en Chile de conseguir recursos para investigar la realidad educativa chilena y proponer políticas para el futuro; obtener un Convenio con la Universidad de Louvain en Bélgica para que muchos chilenos pudieran doctorarse, especialmente en Ciencias Sociales y Educación y crear una red de investigadores a nivel latinoamericano, difundiendo sus resultados.
  • O IMAGINÁRIO SOCIAL DE DEMOCRACIA NO PROCESSO DE MUNICIPALIZAÇÃO DO ENSINO FUNDAMENTAL NO BRASIL (1985-1990)

    Feldman,Ariel; Feldman,Marina (Associação Sul-Rio-Grandense de Pesquisadores em História da Educação, 2018-12-01)
    Resumo Analisa-se o imaginário social de democracia da segunda metade da década de 1980, examinando de que forma ele influenciou a municipalização do Ensino Fundamental no Brasil. Objetiva-se, ainda, verificar como o municipalismo educacional em questão ajudou a construir o ideário segundo o qual instituições políticas localizadas contribuiriam para o aperfeiçoamento da democratização da sociedade. Foram analisados os debates veiculados nas instituições estruturantes da esfera pública, imprensa e parlamento. Concluiu-se que o imaginário de democracia que sustentou o municipalismo educacional durante a abertura política tinha grande capilaridade social, tendo sido decisivo para lançar as bases constitucionais de um amplo processo de reforma que só iria ser consolidado na década de 1990.
  • DENTRE A REFORMA ROCHA VAZ E O ESTADO NOVO: OS PROFESSORES SUPLEMENTARES DO COLÉGIO PEDRO II

    Soares,Jefferson da Costa; Silva,Gustavo da Motta (Associação Sul-Rio-Grandense de Pesquisadores em História da Educação, 2018-12-01)
    Resumo O artigo tem como objetivo apresentar resultados de estudo que pretendeu conhecer e compreender aspectos da construção da identidade profissional dos professores do Colégio Pedro II, primeira instituição brasileira de ensino secundário, fundada em 1837. O objeto do artigo são os professores suplementares do Colégio, identificados a partir de análise documental e que atuaram na instituição entre a Reforma Rocha Vaz, de 1925, e o Estado Novo. Os resultados demonstram que o Colégio atinge o número de 219 professores suplementares; que a qualidade do quadro parece não se estender a essa categoria; e que uma minoria dos que passam pelo cargo ascendem às categorias de maior prestígio.
  • USOS E FUNÇÕES DA FOTOGRAFIA PÚBLICA NO CONHECIMENTO HISTÓRICO ESCOLAR

    Mauad,Ana Maria (Associação Sul-Rio-Grandense de Pesquisadores em História da Educação, 2015-12-01)
    ResumoNo texto discute-se a presença de fotografias na produção do saber histórico escolar, como plataforma privilegiada para a observação de práticas escolares associadas às possibilidades abertas pela história visual. A análise centra-se nos usos e funções da fotografia pública e nas possibilidades de se associar história visual à produção do conhecimento histórico em ambiente escolar. Introduz-se a noção de fotografia pública e a utilização desse tipo de imagem em livros didáticos contemporâneos.
  • DUPLO RECONHECIMENTO: A ROLAND BARTHES, NO CENTENÁRIO DE SEU NASCIMENTO E A AGUSTÍN ESCOLANO BENITO, POR OCASIÃO DO TÍTULO DE DOUTOR HONORIS CAUSA

    Stephanou,Maria (Associação Sul-Rio-Grandense de Pesquisadores em História da Educação, 2015-12-01)

View more