Show simple item record

dc.contributor.authorKalamatianos,Pola Alessandra
dc.contributor.authorNarvai,Paulo Capel
dc.date.accessioned2019-10-26T22:20:18Z
dc.date.available2019-10-26T22:20:18Z
dc.date.created2018-01-15 00:16
dc.date.issued2006-03-01
dc.identifieroai:scielo:S1413-81232006000100013
dc.identifierhttp://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232006000100013
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/20.500.12424/1960843
dc.description.abstractO flúor tem sido empregado para prevenir cárie dentária, principalmente em águas de abastecimento e dentifrícios. Um efeito indesejável, a fluorose dentária leve, tem suscitado preocupações entre especialistas. Neste trabalho identificam-se, na literatura, aspectos éticos decorrentes do emprego de flúor em saúde pública relacionados à contradição "prevenção da cárie versus ocorrência de fluorose leve" e investiga-se a ocorrência de dilemas éticos entre profissionais envolvidos em decisões sobre o uso desses produtos. Foram identificadas publicações em bases de dados empregando-se os termos de busca ética, bioética, "ethics" e derivações do radical "fluor". O material subsidiou a construção de um questionário aplicado a pesquisadores e autoridades sanitárias, e os dados gerados submetidos à análise de conteúdo. O dilema ético emergente da análise pode ser sintetizado: "Empregar produto com flúor para prevenir cárie dentária tem o inconveniente de produzir graus leves de fluorose dentária, mas não utilizá-lo em saúde pública tem o inconveniente de não impedir o aparecimento de uma doença (cárie) evitável com o seu uso." Tal dilema tem sido resolvido admitindo-se que haveria justiça no emprego do flúor e que seu benefício seria maior do que o malefício ­ sendo este mínimo. Alguns entrevistados reconheceram que há violação do princípio ético da autonomia.
dc.format.mediumtext/html
dc.languagept
dc.language.isopor
dc.publisherABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
dc.relation.ispartof10.1590/S1413-81232006000100013
dc.rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess
dc.sourceCiência & Saúde Coletiva v.11 n.1 2006
dc.subjectÉtica
dc.subjectSaúde pública
dc.subjectFlúor
dc.subjectFluoretação da água
dc.titleAspectos éticos do uso de produtos fluorados no Brasil: uma visão dos formuladores de políticas públicas de saúde
dc.typeinfo:eu-repo/semantics/article
ge.collectioncodeOAIDATA
ge.dataimportlabelOAI metadata object
ge.identifier.legacyglobethics:12430260
ge.identifier.permalinkhttps://www.globethics.net/gel/12430260
ge.lastmodificationdate2018-01-15 00:16
ge.lastmodificationuseradmin@pointsoftware.ch (import)
ge.submissions0
ge.oai.exportid148650
ge.oai.repositoryid1796
ge.oai.setnameCiência & Saúde Coletiva
ge.oai.setspec1413-8123
ge.oai.streamid2
ge.setnameGlobeEthicsLib
ge.setspecglobeethicslib
ge.linkhttp://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1413-81232006000100013


This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record