The Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos (RBEP), created in 1944, publishes three issues a year in print and electronic format. The journal aims to contribute to the construction of knowledge in the area of Education.

News

The Globethics.net library contains articles of Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos as of vol. 93(2012) núm. 235 to current.

Recent Submissions

  • Compreensão de diálogo em um processo de construção coletiva do projeto político-pedagógico

    Xavier,Rosineide Barbosa; Szymanski,Heloisa (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2015-04-01)
    Sintetiza uma pesquisa que investigou como gestores, educadores e representantes de uma comunidade da zona norte de São Paulo compreenderam diálogo a partir da experiência de construção coletiva de um projeto político-pedagógico de duas organizações educativas. Fundamentando-se em Martin Buber e Paulo Freire, realizou-se um estudo qualitativo, utilizando-se de entrevista reflexiva coletiva. Os resultados apontaram para a compreensão de diálogo como conversa, participação, silêncio, integração e construção de conhecimento. A construção coletiva do projeto político-pedagógico mostrou a vontade de dialogar e a necessidade de maior disposição para ouvir o outro, desvelando diálogo como caminho de transformação social e busca por reconhecer o valor das relações interpessoais
  • Fatores associados ao desempenho acadêmico de estudantes de Nutrição no Enade

    Rocha,Aline Lemes da Paixão; Leles,Claudio Rodrigues; Queiroz,Maria Goretti (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2018-01-01)
    Resumo: O desempenho estudantil é de natureza multifatorial. São inexistentes os estudos acerca dos aspectos que interferem no desempenho de estudantes de Nutrição em exames como o Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (Enade). Este artigo tem o objetivo de verificar a associação entre o desempenho de estudantes concluintes de Nutrição no Enade e fatores socioeconômicos, trajetória acadêmica e perfil da instituição, mediante a utilização de dados secundários produzidos pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). Realizou-se análise descritiva das variáveis e, para determinação dos fatores associados ao desempenho acadêmico, aplicaram-se regressão linear simples e regressão múltipla (p<0,05). A variabilidade do desempenho acadêmico pôde ser explicada em 11,7% pelas variáveis testadas no modelo de regressão. Constatou-se menor desempenho entre estudantes negros, que trabalham eventualmente, com renda familiar de até três salários mínimos, de pais e mães com nenhuma escolaridade, que cursaram metade do ensino médio em escola pública e metade em escola privada, que receberam bolsa de estudos ou financiamento e não ingressaram no ensino superior por políticas afirmativas. A categoria administrativa da instituição de educação superior (IES) foi o principal fator associado ao desempenho no Enade. Discentes que ingressaram via políticas afirmativas apresentaram desempenho maior que aqueles que não ingressaram por essas políticas. Observou-se que melhores condições do ensino fundamental e médio são importantes para que todos os estudantes concorram em situação de igualdade ao ensino superior.
  • Análise do eixo da oralidade na Proposta Curricular de Língua Portuguesa da rede municipal de ensino de Juiz de Fora (MG)

    Magalhães,Tânia Guedes; Carvalho,Thalita de Almeida Bessa (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2018-01-01)
    Resumo: Este artigo apresenta análise da concepção e das práticas escolares de oralidade na Proposta Curricular de Língua Portuguesa da rede municipal de ensino de Juiz de Fora (MG). Toma como base os pressupostos teóricos do interacionismo sociodiscursivo, conjugado à perspectiva do continuum oralidade-letramento, bem como os eixos propostos para o trabalho com a oralidade em sala de aula, por meio dos quais se defende o ensino da oralidade com vistas a uma formação cidadã. Fundamentando-se em uma concepção interacionista de linguagem, consideram-se os gêneros como objetos de ensino, que carregam significações sociais e orientam a ação de linguagem. Na escola, para que seja possível ampliar as capacidades de linguagem dos alunos, os gêneros trazem a possibilidade de aprendizagem por meio de situações discursivas reais. Propõe-se análise documental, estabelecendo categorias baseadas nos pressupostos orientadores do trabalho didático com a oralidade. Os dados indicam que: a) o documento apresenta uma concepção interacionista de linguagem, alinhando-se aos princípios do interacionismo sociodiscursivo; b) tal concepção sustenta uma proposta de ensino de oralidade embasada na perspectiva do continuum e articulada à visão não dicotômica da relação oral-escrito; e c) os gêneros textuais são centrais no desenvolvimento de capacidades de linguagem, configurando-se uma proposta de aprendizagem do oral autônomo. Não obstante, os dados revelam ausência de indicação de atividades sobre retextualização e reflexão linguística no eixo da oralidade, evidenciando predominância da produção oral.
  • Investigar con mujeres con discapacidad: reflexiones epistemológicas y metodológicas desde el enfoque feminista-emancipador

    Cobeñas,Pilar (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2018-01-01)
    Resumen: Este artículo comparte reflexiones metodológicas y epistemológicas surgidas en el desarrollo de una investigación sobre procesos de inclusión y exclusión educativa de jóvenes mujeres con discapacidad a partir de sus narrativas en Argentina. Se realizó un estudio cualitativo a partir de entrevistas semi estructuradas y observaciones en cuatro escuelas comunes y especiales de la provincia de Buenos Aires, Argentina, durante un período de dos años. El enfoque adoptado para el desarrollo de la investigación articuló aportes de la teoría de género y los estudios sociales de la discapacidad o Disability Studies. A partir de las perspectivas teóricas asumidas, orientamos nuestros esfuerzos a intentar dar cuenta del punto de vista de las jóvenes sobre los procesos de inclusión y exclusión educativa, a la vez que fueron problematizadas las visiones de las investigadoras sobre dichos procesos. Así, se presenta la articulación entre perspectivas metodológicas construidas para acceder a las narrativas de las jóvenes y un conjunto de reflexiones surgidas en el desarrollo del trabajo de campo organizadas en tres ejes: la concepción de las mujeres con discapacidad como sujetas interrogadas, pero no escuchadas; la relación desigual entre investigada e investigadora y las identificaciones de la investigadora en la relación con la investigada.
  • Inclusão educacional, digital e social de mulheres no interior da Paraíba: uma experiência na UFPB

    Barbosa,Rita Cristiana; Carvalho,Maria Eulina Pessoa de; López,Alejandra Montané (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2018-01-01)
    Resumo: Este artigo discute questões de acesso à educação superior e inclusão digital de mulheres. Os sujeitos são alunas de três cursos de licenciatura na modalidade a distância ofertados pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) Virtual: Letras, Pedagogia e Ciências Agrárias. A pesquisa foi qualitativa e exploratória, focada em perspectiva de gênero, com abordagens documental e empírica. O método empregado consistiu na análise textual discursiva de material composto de vários tipos de narrativas. No marco teórico, utilizaram-se obras de Cecília Castaño, Fúlvia Rosemberg, Rena M. Palloff e Keith Pratt, entre outras. As narrativas coletadas e analisadas indicam que algumas mulheres têm, simultaneamente, acesso ao ensino superior e às tecnologias de informação e comunicação (TIC), por meio da educação a distância (EaD), o que propicia a recriação de suas identidades e seu empoderamento. A EaD pode ser, então, uma porta de inclusão, contribuindo para a diminuição da brecha digital de gênero.
  • Recursos didáticos nas aulas de matemática nos anos iniciais: critérios que orientam a escolha e o uso por parte de professores

    Passos,Éderson Oliveira; Takahashi,Eduardo Kojy (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2018-01-01)
    Resumo: Este artigo apresenta e discute os critérios considerados pelas professoras/colaboradoras desta pesquisa na escolha e no uso de recursos didáticos para o ensino de matemática nos anos iniciais do ensino fundamental. A constituição dos dados constou de três etapas: questionário, observação e entrevista. A pesquisa, de abordagem qualitativa, fundamentou-se na análise de conteúdo temática. Pela análise, constatou-se que o aluno é o aspecto mais considerado pelas professoras ao optar por recursos didáticos. Verificou-se, ainda, que importantes recursos didáticos, como o ábaco e o Material Dourado, não foram objetos de estudo e reflexões práticas no processo de formação profissional em matemática das professoras dos anos iniciais. Conclui-se que a formação de professores quanto ao uso de recursos didáticos, em especial para o ensino de matemática, passa por problemas e que os critérios relevantes para a orientação da escolha desses recursos para a sala de aula, como conteúdo específico e tendo em vista os objetivos pretendidos, estão sendo negligenciados ou até mesmo desconsiderados.
  • Estudantes indígenas em universidades brasileiras: um estudo das políticas de acesso e permanência

    Bergamaschi,Maria Aparecida; Doebber,Michele Barcelos; Brito,Patricia Oliveira (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2018-01-01)
    Resumo: Este artigo aborda a presença indígena no ensino superior brasileiro baseado em pesquisa em universidade que executa política afirmativa para ingresso e permanência de estudantes indígenas. Analisa também teses e dissertações, distribuídas em diferentes programas de pós-graduação, que tematizam o ingresso de estudantes indígenas (implantação de políticas de acesso, processos seletivos para ingresso) e questões relacionadas à sua permanência na universidade (programas de apoio financeiro e pedagógico, relação institucional com os estudantes, ações de acompanhamento e promoção da permanência). O acompanhamento dos estudantes considerou os depoimentos e a convivência com estudantes indígenas no espaço acadêmico. Dados mostram que a presença indígena no ensino superior oferece possibilidades de autorreflexão sobre as práticas pedagógicas da instituição de ensino superior e seu papel social. Também apontam que a permanência dos estudantes indígenas é um grande desafio para universidades e que diálogo e postura receptiva aos conhecimentos originários podem ser o primeiro passo para efetivar processos de interculturalidade no ensino superior.
  • Propuesta de una metodología intercultural para una pedagogía indígena: la experiencia de las licenciaturas interculturales indígenas con el pueblo kaingang

    Santos,Jorge Alejandro; Piovezana,Leonel; Narsizo,Ana Paula (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2018-01-01)
    Resumen: Este trabajo presenta la experiencia de las licenciaturas interculturales indígenas dictadas por la Universidad Comunitaria de la Región de Chapecó dentro de la tierra indígena kaingang. A partir de esta experiencia, se propone esbozar una metodología intercultural que sirva para pensar en una pedagogía específica para la educación indígena en la región. La experiencia consiste en el desarrollo de un programa destinado a la formación de profesores indígenas de la etnia kaingang para las escuelas iniciales y medias de sus comunidades. Si bien el proceso de formación tuvo resultados positivos y logró formar una cantidad significativa de profesores, percibimos la ausencia de un contenido curricular y una pedagogía específica y diferenciada para la educación indígena. A partir de esta percepción surgió la necesidad de proponer una metodología intercultural específica que recoja y sistematice la experiencia de estos años, a fin de esbozar una pedagogía adecuada a las necesidades específicas de las comunidades indígenas.
  • Interações e intercessões em rodas de conversa: espaços de formação inicial docente

    Bedin,Everton; Pino,José Claudio Del (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2018-01-01)
    Resumo: Este artigo apresenta ensaio empírico, resultado de intervenção pedagógica, embasado na análise crítica da experiência das rodas de conversas com professores de química em formação inicial de uma universidade privada da região metropolitana da Grande Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Procura contribuir com a qualificação metodológica e pedagógica das rodas de conversa como curso de extensão de relação bilateral, expondo reflexões dos sujeitos da pesquisa sobre o ser professor na contemporaneidade. Os dados, interpretados e analisados mediante a Análise Textual Discursiva (ATD) e apoiados em informações quantitativas e qualitativas, foram obtidos dos diálogos nas rodas de conversa, com base em um questionário pré-estruturado. Conclui que os espaços de conversação possibilitaram aos futuros professores a percepção de uma formação crítico-reflexiva na/pela prática pedagógica, para que possam buscar a qualidade e a melhoria em sua formação epistemológica.
  • Estágio supervisionado: a relação teoria e prática reflexiva na formação de professores do curso de Licenciatura em Pedagogia

    Silva,Haíla Ivanilda; Gaspar,Mônica (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2018-01-01)
    Resumo: O estágio supervisionado é um componente curricular obrigatório nos cursos de formação de professores que estabelece um diálogo entre a teoria apreendida no curso de formação e a prática nas escolas-campo de estágio. Trata-se do relato de uma experiência vivenciada no contexto do estágio supervisionado de um curso de Licenciatura em Pedagogia, cujas etapas foram construídas por observações e participação no cenário escolar e na sala de aula, inclusive a elaboração e a aplicação de projeto didático a uma turma do ensino fundamental. As etapas foram registradas nos diários de formação como recurso que possibilita a reflexão mediante a escrita, estabelecendo diálogo entre o saber da experiência e o saber formal. O estágio revelou-se um rico espaço de reflexões e descobertas, em que teoria e prática foram instrumentos inseparáveis e indispensáveis à prática docente.
  • O lugar da educação literária nas novas orientações curriculares: uma reflexão sobre os caminhos de Portugal e do Brasil

    Fritzen,Celdon (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2018-01-01)
    Resumo: Este artigo discute comparativamente a formação do leitor literário nos currículos da educação básica de Portugal e do Brasil e quais estratégias podem ser identificadas nas diretrizes curriculares desses países, a fim de formar um leitor de literatura. Observa que há a introdução recente da educação literária nos documentos portugueses, enquanto, no Brasil, os Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) a diluem no domínio da leitura. Em ambos os currículos, a noção de gênero preside a aprendizagem, embora em Portugal tal noção seja contrabalançada pela noção de texto complexo, que valoriza o texto literário e evita sua diluição no conteúdo das práticas de leitura e escrita.
  • Sob o olhar das crianças: o processo de transição escolar da educação infantil para o ensino fundamental na contemporaneidade

    Dias,Edilamar Borges; Campos,Rosânia (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2015-12-01)
    Resumo: Parte de uma pesquisa desenvolvida na rede pública municipal de educação da cidade de Joinville (SC), que tem como objetivo discutir como as crianças vivenciam a passagem da educação infantil para o ensino fundamental. Para tanto, desenvolveu-se, com um grupo de crianças que frequentavam o último período da educação infantil, uma pesquisa etnográfica, iniciada em 2013 e concluída em 2014, quando esse mesmo grupo de crianças já havia ingressado no 1º ano do ensino fundamental. Para coleta de dados, foi utilizada a observação participante, o registro em diário de bordo e o registro fotográfico. Os dados foram analisados tendo como base o diálogo com as contribuições de diferentes teóricos da educação, dos estudos provenientes da sociologia da infância e da psicologia sócio-histórica. As análises evidenciaram que, embora muitas das práticas da educação infantil sejam incorporadas pela escola, os modos como são desenvolvidas e como são concebidas pela escola resultam em interações diferentes com as crianças. Nesse sentido, as crianças indicam que, mesmo desejando entrar no ensino fundamental, estar na escola é um desafio diário.
  • Recortes históricos sobre a noção de schème em Piaget: o processo de desenvolvimento de um conceito

    Carvalho Júnior,Gabriel Dias de; Parrat-Dayan,Silvia (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2015-12-01)
    Resumo: Apresenta o resultado de uma pesquisa realizada nos Archives Jean Piaget sobre o modo com que Piaget se valeu do conceito de schème ao longo de sua obra. Para tanto, foram investigadas as diversas fases da produção piagetiana à luz desse conceito, apresentado no livro Biologie et connaissance, para se fazer uma leitura tanto retrospectiva quanto prospectiva com base na hipótese central de que, mesmo de forma subjacente, Piaget utilizava elementos ligados a esse conceito em suas explicações. A partir do estudo realizado, foi possível estabelecer três características principais para os schèmes que, mesmo não sendo formalmente tematizadas em todas as fases do trabalho de Piaget, estavam presentes nas explicações do sujeito em situação. Indica, por fim, implicações didáticas da concepção deschème, inclusive com a explicitação de trabalhos recentes que utilizam tal noção para estudar o processo de construção de conceitos científicos.
  • Acesso e democratização do ensino superior com a Lei nº 12.711/2012: o câmpus de Londrina da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR)

    Guerrini,Daniel; Piconi,Larissa Bassi; Sturion,Leonardo; Mata,Ednei Aparecido Dias da (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2018-01-01)
    Resumo: Este artigo analisa o ingresso de estudantes nos cursos da Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Câmpus Londrina, no ano de 2015, com base nas mudanças implementadas pela Lei de Cotas (Lei Federal nº 12.711/2012). Essa lei tornou obrigatória a reserva de vagas para alunos egressos de escolas públicas, de baixa renda e autodeclarados pretos, pardos ou indígenas (PPI) nas instituições federais de ensino superior e técnico, constituindo-se como medida compensatória diante dos efeitos dos privilégios sociais e da desigualdade nas condições de acesso ao ensino superior. Investiga o preenchimento das vagas reservadas na instituição mencionada para identificar em que medida as ações afirmativas têm cumprido os propósitos para os quais foram pensadas. Foram coletadas as notas de entrada dos alunos em 2015, buscando suas medidas de centralidade estatística, comparando cotistas com não cotistas e os diferentes cursos entre si. Analisa, ainda, a relação entre reserva de vaga e seu preenchimento nas quatro categorias de cotistas e no grupo de não cotistas. Observa-se que o prestígio dos cursos é um fator relevante para o aumento das medianas das notas de entrada dos estudantes e também que a categoria de cotas para pessoas de baixa renda tem colocado entraves para o preenchimento de suas vagas.
  • Relações entre as representações sociais sobre o estudo e o desempenho na Prova Brasil

    Koga,Viviane Terezinha; Rosso,Ademir José (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2015-12-01)
    Resumo: Investiga as representações sociais (RS) dos alunos do 9º ano sobre o estudo com base em sua abordagem estrutural e nos subsídios fornecidos pela Psicologia e Epistemologia Genética. A coleta de informações foi realizada mediante a aplicação de questionário (N=213), solicitando que os alunos evocassem palavras ou expressões relacionadas ao termo indutor "estudar é" e justificassem a expressão listada como a mais importante. As evocações foram analisadas com o auxílio dos softwares Evoc, e as justificativas, pela análise de conteúdo. Os resultados revelaram que os alunos possuem uma representação ambivalente sobre o estudo, o qual é visto ora de forma positiva, como algo importante para o futuro; ora de forma negativa, caracterizado como chato e cansativo. Elevadas ou baixas, as médias de desempenho na Prova Brasil estão associadas ao tempo dedicado ao estudo, ao hábito de estudar e ao controle escolar e familiar do estudo. Nas duas situações foram identificadas atitudes heterônomas e representações hegemônicas sobre o estudo, de modo que os desempenhos na Prova Brasil não se traduzem em uma maior autonomia no estudo nem em uma compreensão mais positiva deste.
  • Formação escolar e prática docente de professoras das classes populares: reflexões a partir da análise de memoriais acadêmicos

    Dias,Regina Lúcia Cerqueira (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2015-12-01)
    Resumo: Este artigo tem como objetivo investigar as trajetórias escolares e a prática docente de professoras pertencentes às camadas populares que atuam na educação infantil e nos primeiros anos do ensino fundamental. Procurar-se-á refletir, com base na análise de memoriais acadêmicos elaborados em 2009 por um grupo de alunas-professoras do último período do curso Normal Superior, acerca da formação escolar e da prática docente desses sujeitos. Devido ao espaço restrito deste artigo e à abrangência da temática, neste trabalho será descrita e analisada especialmente a trajetória escolar narrada por uma dessas professoras. Utilizou-se no estudo uma abordagem biográfica. Assiste-se, nos últimos anos, a um aumento no número de docentes oriundos dessas camadas sociais. O trabalho pretende contribuir para que possamos compreender melhor quem são essas professoras, suas particularidades. Acredita-se que tal conhecimento seja fundamental para orientar nossas práticas como formadores de docentes e repensar a estrutura curricular dos cursos que formam esses profissionais da educação.
  • Discutindo combinatória em um processo de formação continuada com professores dos anos iniciais

    Assis,Adryanne Maria Rodrigues Barreto de; Pessoa,Cristiane Azevêdo dos Santos (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2015-12-01)
    Resumo: Propõe analisar o efeito de uma formação continuada baseada nas situações, nos invariantes e nas representações simbólicas dos problemas combinatórios. A pesquisa constitui-se em entrevista inicial individual, quatro encontros de formação e, em seguida, entrevista final, também individual, com os professores participantes. Para este artigo, analisa-se o desenvolvimento de uma professora participante do processo. Os resultados apontam dificuldade no reconhecimento e na abordagem de combinatória na entrevista inicial, no entanto, após as intervenções, há o reconhecimento mais detalhado das diferentes situações e seus invariantes, assim como das representações. Percebe-se, assim, que a formação continuada em combinatória pode se constituir em uma ação importante, pois estimula os docentes a refletirem sobre esse conteúdo, que pode ser trabalhado desde os anos iniciais.
  • Panorama das pesquisas brasileiras sobre educação em museus de ciências

    Ovigli,Daniel Bovolenta (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2015-12-01)
    Resumo: A pesquisa sobre Educação em Ciências tem alcançado grande crescimento no Brasil, especialmente nas últimas quatro décadas. O volume dessa produção científica demanda a realização de estudos voltados à identificação de suas principais características e tendências, havendo poucos trabalhos que se concentram em sistematizar o que foi produzido. Nesse contexto, este artigo de revisão identifica e descreve características e tendências das pesquisas desenvolvidas no subcampo educação em museus de ciências. De natureza qualitativa e quantitativa, realiza uma análise documental histórico-bibliográfica. O material empírico consistiu em 122 dissertações e 31 teses, produzidas no período compreendido entre 1981 e 2010, que foram mapeadas em seis categorias. As produções analisadas foram defendidas predominantemente na última década considerada, mostrando que a área em questão configura-se como emergente temática de pesquisa no campo da Educação em Ciências.
  • Perfil dos alunos internos no ensino profissional agrícola federal mantido pelo Ministério da Agricultura em Sergipe (1934-1967)

    Conceição,Joaquim Tavares da (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2015-12-01)
    Resumo: Aborda historicamente a condição socioeconômica dos alunos assistidos no internato da instituição de ensino profissional agrícola mantida pelo Ministério da Agricultura no estado de Sergipe, no período de 1934 a 1967. A operação historiográfica seguiu separando, reunindo e transformando em documentos históricos as informações coletadas. Foram manejadas fontes diversas, como relatórios, livros, imagens fotográficas, legislação, jornais e relatos de memórias. A pesquisa, recepcionando as contribuições de trabalhos sobre a história do ensino agrícola, procurou compreender o internato como uma marca significativa do ensino agrícola. Transparece, no decorrer do período pesquisado, especialmente da década de 1930 a meados de 1950, uma dualidade de atuação da instituição: a formação profissional agrícola e o assistencialismo mediante o internato público e gratuito.
  • Os objetivos das ações afirmativas em uma Instituição de Ensino Superior (IES) pública brasileira: a percepção da comunidade acadêmica

    Albuquerque,Rosa Almeida; Pedron,Cristiane Drebes (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2018-01-01)
    Resumo: Estudo de caso único realizado em uma Instituição de Ensino Superior (IES) federal brasileira. Analisa os objetivos das ações afirmativas nessa instituição com base na percepção de sua comunidade acadêmica. Utiliza o Value-focused Thinking, de Keeney, na abordagem dos objetivos e valores subjacentes às ações afirmativas da IES. Mediante entrevistas em profundidade, análise de documentos e observação direta, foi elaborada uma rede dos objetivos dessas ações afirmativas. O estudo contribui com um tema pouco explorado na academia brasileira, apoiado em uma teoria do campo da estratégia e da tomada de decisão, que enfatiza os valores dos stakeholders para a definição dos objetivos de uma organização.

View more