The Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos (RBEP), created in 1944, publishes three issues a year in print and electronic format. The journal aims to contribute to the construction of knowledge in the area of Education.

News

The Globethics.net library contains articles of Revista Brasileira de Estudos Pedagógicos as of vol. 93(2012) núm. 235 to current.

Recent Submissions

  • Inclusão e acessibilidade na escola: conhecendo a deficiência visual nas aulas de Língua Portuguesa

    Boulitreau, Paula Roberta Paschoal; Barros, José Batista de; Rosa, Adriana Letícia Torres da; Macedo, Bárbara Cristina Oliveira (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2021-10-06)
    Resumo: Este trabalho tem como objetivo apresentar um relato de experiência pedagógica no contexto de ensino-aprendizagem de Língua Portuguesa de uma turma de 6º ano do ensino fundamental, no âmbito de uma escola pública de educação básica, inserida em uma universidade pública federal de Pernambuco, e envolve a temática da inclusão e da acessibilidade vinculada ao estudo do gênero do discurso entrevista. Seu quadro teórico abarca os pressupostos de Mantoan (2003) e Sassaki (2002) a respeito do horizonte da educação inclusiva e a perscom lerpectiva do estudo sociointeracional da linguagem com base em Voloschínov (2017), Bakhtin (2003) e Marcuschi (2008).Buscamos desenvolver um olhar qualitativo sobre a experiência pedagógica realizada entre agosto e dezembro de 2018, cujo registro foi por observação participante em diários de campo, por 16 horas-aulas. A vivência está inserida no contexto do projeto de ensino/estágio da escola, visando apoiar a formação inicial docente no contexto da universidade, contemplando, em específico, o curso de licenciatura em Letras. Os resultados apontam que, por meio do projeto de ensino-aprendizagem desenvolvido, além de reconhecerem o funcionamento social e as características textuais da entrevista, ao entrevistarem uma pessoa com deficiência visual, os estudantes compreenderam que a acessibilidade é um direito que precisa ser garantido à pessoa com deficiência, a fim de que esta possa viver com maior autonomia, participar com mais efetividade da vida social e exercer seus direitos como cidadã.
  • Percepção do docente e o Transtorno do Desenvolvimento da Coordenação: um estudo de revisão integrativa

    Maia, Samia Darcila Barros; Souza, Cleverton José Farias de; Ferreira, Lúcio Fernandes (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2021-10-06)
    Resumo: O Transtorno do Desenvolvimento da Coordenação (TDC) refere-se ao prejuízo acentuado no desenvolvimento da coordenação motora do indivíduo, dificuldade que interfere no desempenho de atividades diárias e escolares. A percepção do docente sobre os alunos e suas dificuldades tem relevância fundamental, pois permitirá a promoção de estratégias que o auxiliem a lidar com os problemas que estes enfrentam na escola. Objetiva-se, neste artigo, verificar a existência de estudos envolvendo a percepção docente sobre o aluno, relatar quais instrumentos de coleta de dados, abrangendo a percepção docente, foram utilizados e identificar estudos que tratam da percepção docente sobre adolescentes com TDC. Como metodologia, recorremos à revisão integrativa, pois inclui a análise de pesquisas relevantes que dão suporte para a tomada de decisão. O protocolo incluiu a escolha de bases de dados para realizar a busca, a seleção de palavras-chave e critérios de inclusão e exclusão para os estudos encontrados durante recorte temporal entre 1999 e 2019. Os resultados mostraram 1.535 arquivos sobre o tema na busca geral, dos quais destacamos 11 trabalhos relevantes, considerando a clareza e o detalhamento das informações acerca da metodologia e dos instrumentos utilizados. Verificamos a inexistência de estudos realizados no Brasil no tocante à percepção do docente sobre estudantes com TDC, o que justifica a necessidade de investimento nessa temática.
  • A disciplina Educação Moral e Cívica no Grupo Escolar Dom Benevides em Mariana/MG (1969-1975)

    Carvalho, Rosana Areal; Rodrigues, Fernanda Aparecida Oliveira; Evangelista, Raquel Jesus (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2020-10-16)
    Resumo: Este estudo tem como objetivo delinear a presença e as práticas da disciplina de Educação Moral e Cívica (EMC) no Grupo Escolar Dom Benevides, em Mariana/Minas Gerais (MG), em consonância com o Decreto-Lei nº 869, de 1969. Ao delinear a educação praticada no período da ditadura civil-militar, inserimos a trajetória legal da implantação da disciplina EMC como obrigatória nos ensinos primário e secundário. Privilegiamos a documentação existente no acervo do Grupo Escolar Dom Benevides, em especial o Livro de Ata de Reunião (1970-1975), no qual encontramos registros das práticas pedagógicas, do cotidiano escolar e das ações dirimidas pela direção em torno da disciplina. A fonte selecionada permitiu identificar trâmites e dificuldades na implementação desse conteúdo, considerando, de um lado, a propositura legal e, do outro, os limites da própria escola, tais como a (in)disposição do professorado diante de mais uma tarefa, gerando ora acomodação, ora resistência. Deduzimos que o cumprimento com a obrigatoriedade da disciplina de EMC, presente na legislação, se deu com a realização dos festejos de datas cívicas que extrapolavam o espaço escolar, permitindo ao civismo e patriotismo atingirem os marianenses. Os resultados da pesquisa fortalecem o princípio das singularidades institucionais, construídas pelas relações estabelecidas entre os sujeitos que compõem a instituição e a sociedade com a qual convivem.
  • Inclusão escolar e atuação dos Núcleos de Apoio às Pessoas com Necessidades Educacionais Específicas no Instituto Federal de São Paulo

    Vilaronga, Carla Ariela Rios; Silva, Michele Oliveira da; Franco, Ana Beatriz Momesso; Rios, Gabriela Alias (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2021-06-11)
    Resumo: Os Núcleos de Apoio às Pessoas com Necessidades Educacionais Específicas (Napnes) têm sido referência para a educação do estudante público-alvo da educação especial (PAEE) no contexto da Rede Profissional e Tecnológica e têm realizado diferentes ações também no contexto do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP). Dessa forma, ficam evidentes a relevância de estudos voltados ao processo de inclusão dos alunos PAEE nos institutos federais (IFs) e as questões quanto a planejamento do ensino, acessibilidade e permanência. Diante disso, o objetivo deste trabalho foi mapear e analisar ações desenvolvidas ou vivenciadas pelas equipes dos Napnes de diferentes campi do IFSP, tendo como base a proposta de atuação do núcleo da instituição. A pesquisa caracteriza-se como qualitativa, de caráter documental, sendo analisados os conteúdos da Revista Napne em Ação, que teve sua primeira edição em 2015, originada pelo relatório das atividades anuais dos campi. Foram também examinados os documentos institucionais que regularizam a atuação dos Napnes. As 302 páginas da revista foram tabuladas em informações quantitativas e analisadas qualitativamente, organizadas em eixos temáticos. Os dados apontam que, observando o IFSP como um todo, foram realizadas ações de ensino, pesquisa e extensão relacionadas ao estudante PAEE, cumprindo-se os objetivos da proposta do núcleo. Também foram feitas ações com as diferentes especificidades, com destaque para o estudante surdo, além daquelas de formação de servidores. Entende-se, na análise individual dos campi, que existem ações sendo realizadas e que a proposta de inclusão escolar não está estagnada desde 2014, mas não há dados para afirmar que os estudantes PAEE do IFSP têm seus direitos de acessibilidade e educação garantidos, sendo esse um limite da pesquisa.
  • Elementos fundamentais para o design de jogos digitais com o foco no treino de competências e habilidades de estudantes com transtorno do espectro autista: uma revisão sistemática

    Araújo, Gisele Silva; Seabra Junior, Manoel Osmar (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2021-06-11)
    Resumo: Os jogos digitais como recursos de tecnologia assistiva têm apresentado significativos resultados em meio à educação inclusiva, no que se espera de estímulos e respostas nas intervenções pedagógicas com estudantes com Transtorno do Espectro Autista. Neste estudo, o objetivo foi identificar e analisar os elementos fundamentais, apontados pela literatura nacional e internacional, para o design de jogos digitais com o foco no treino de competências e na aquisição de novas habilidades por estudantes com autismo. Trata-se de uma revisão sistemática de literatura (fruto de uma dissertação de mestrado), delineada em três etapas: planejamento; condução e sistematização; e análise qualitativa dos dados. As buscas, realizadas com o suporte de protocolos de planejamento, condução, categorização e checagem, nas bases de dados Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (Lilacs), Educational Resources Information Center (Eric), Scientific Electronic Library Online (SciELO), Scopus e Library Information Science Tecnology (Lista), possibilitaram selecionar 20 estudos. Destes, foram extraídos 62 potenciais elementos, distribuídos nas categorias: Processamento Sensorial; Disfunção Motora; Deficiência Cognitiva; Autorregulação; e Interação Social. Com base na análise de conteúdo, concluiu-se que a mera inserção de jogos digitais na vida de estudantes com autismo não é suficiente para oportunizar o treino de competências e a aquisição de novas habilidades, necessárias à sua inclusão educacional e social, mais do que isso, é preciso planejar jogos na perspectiva do codesign, considerando as especificidades e as características universais do autismo.
  • Reflexões sobre o nível de conhecimentos específicos dos estudantes de licenciatura em Educação Física no Enade 2014

    Barros,João Luiz da Costa; Campos,Márcia Zendron de; Teixeira,Denilson de Castro; Cabral,Breno Guilherme de Araujo Tinoco (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2020-04-01)
    Resumo: Este artigo retoma achados publicados no Relatório de Área: Educação Física (licenciatura) do Enade de 2014, realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), e discute a qualidade da formação, com foco nos resultados do desempenho dos alunos nos itens do componente específico. O texto foi estruturado em três eixos: o primeiro diz respeito à contextualização da formação docente na perspectiva das diretrizes curriculares que a norteiam. Este favorece as análises das questões objetivas no segundo eixo e das questões discursivas no terceiro. Os resultados indicaram que, de forma geral, os estudantes apresentaram baixo desempenho no componente de formação específica, sobretudo nas questões discursivas, o que foi semelhante nas cinco grandes regiões brasileiras. Tais resultados suscitam inquietações sobre o valor dessa formação inicial e a atuação do profissional docente.
  • Dez anos de instituição da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica: o papel social dos institutos federais

    Nascimento,Matheus Monteiro; Cavalcanti,Cláudio; Ostermann,Fernanda (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2020-04-01)
    Resumo: Em 2018, completou-se um decênio de instauração da Lei nº 11.892/08, que criou a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica. Essa política pública foi responsável pela expansão do número de escolas técnicas pelo Brasil, que atualmente conta com mais de 600 campi espalhados pelo País. Dessa forma, o objetivo do presente trabalho foi analisar os efeitos dessa política na qualificação da educação básica pública. Para isso, utilizamos diferentes métodos estatísticos de análise multivariada de dados, em especial a análise de componente principal. Nossa investigação teve como fonte de dados informações disponibilizadas pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) em seu próprio site. Nossos resultados sugerem que os institutos federais vêm desempenhando um importante papel social ao longo dos dez anos de instauração dessa política pública. Seus alunos obtêm desempenho nas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) muito próximo ao dos estudantes das instituições privadas. No entanto, o perfil socioeconômico daqueles alunos é muito diferente, assemelhando-se ao perfil dos estudantes de escolas estaduais. Mostramos também que esse bom desempenho é consequência de um conjunto de fatores, entre eles a formação adequada e as ótimas condições de trabalho dos seus professores.
  • Práticas pedagógicas na educação infantil: o currículo como instrumento de governo dos pequenos

    Dominico,Eliane; Lira,Aliandra Cristina Mesomo; Saito,Heloisa Toshie Irie; YAEGASHI,SOLANGE FRANCI RAIMUNDO (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2020-04-01)
    Resumo: O texto discute as práticas pedagógicas na educação infantil, problematiza o currículo a partir de sua efetivação e pondera em que medida os encaminhamentos metodológicos conduzem à participação significativa das crianças. Toma como referencial os estudos de Barbosa, Foucault, Oliveira e Ostetto, qu e ajudam a identificar os tensionamentos e as ambiguidades relacionados às práticas desenvolvidas com as crianças em dois centros municipais de educação infantil, localizados em uma cidade de médio porte no interior do Paraná, no Sul do Brasil. Para a coleta de dados, foram realizadas observações e entrevistas semiestruturadas com oito professoras e duas gestoras. Foi possível reconhecer que as práticas docentes tendem a privilegiar atividades de controle e direção das crianças, com pouco espaço para o exercício e a construção da autonomia infantil, configurando-se em estratégias de governo dessa população.
  • A serviço da Medicina: origem da disciplina de Química no Compêndio Histórico da Universidade de Coimbra (1771)

    Santos,Ademir Valdir dos; Custódio,Renato da Silva (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2020-04-01)
    Resumo: O estudo objetiva contribuir para a discussão sobre a origem da disciplina de Química e a sua institucionalização no campo educacional. A metodologia está embasada em pesquisa documental. O procedimento analítico foi realizado por meio de análise de conteúdo do Compêndio Histórico da Universidade de Coimbra e parametrizado por referencial que trata da história das disciplinas escolares. As análises produziram as categorias finais ensino da Química e conteúdos da Química, compostas por termos que, tanto em sua definição como pelos conteúdos de ensino que foram gerados ao longo da história, expressam características que vinculam a utilização da Química aos estudos da Medicina. Os resultados mostram que os conteúdos referentes à Química identificados no Compêndio apresentam um caráter seminal, manifestando aspectos da gênese e da implementação da Química como disciplina escolar. Concluímos que na origem da disciplina se encontra sua importância para os estudos superiores de Medicina, o que revela uma das finalidades que presidiram sua institucionalização no campo educacional.
  • O ensino de análise linguística por estagiários da licenciatura em Letras

    Suassuna,Lívia (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2020-04-01)
    Resumo: Este artigo é resultado de um estudo exploratório e objetiva discutir o modo como estagiários do curso de licenciatura em Letras-Português da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) entendem as novas orientações para o ensino de gramática/análise linguística e buscam colocá-las em prática durante o estágio curricular de regência de turma. Os dados analisados foram extraídos de um relatório de estágio apresentado por duas graduandas ao final da aplicação de um projeto didático temático numa turma de 9º ano do ensino fundamental de uma escola pública de Pernambuco. Para compor o referencial teórico, utilizamos estudos de autores como Geraldi (1997), Dickel (2012), Ferraz e Olivan (2011), Smiderle et al. (2017), Emilio (2008), Aparício (2008), entre outros. Os resultados indicaram a presença de elementos inovadores na prática das estagiárias, tais como a vinculação do estudo gramatical a situações interativas autênticas e o emprego da indução como estratégia didática para favorecer a reflexão sobre o funcionamento da língua.
  • Formação inicial de professores de Física no Brasil e em Portugal: uma análise comparativa de modelos de formação

    Cachapuz,António Francisco; Shigunov Neto,Alexandre; Silva,André Coelho da (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2020-04-01)
    Resumo: O estudo de modelos educativos estrangeiros pode auxiliar a compreensão dos modelos do nosso País. Tendo como referencial os ciclos de contextos de Stephen Ball, o objetivo deste trabalho é contribuir para a reflexão crítica sobre singularidades, similaridades e diferenças dos modelos de formação inicial de professores de Física no Brasil e em Portugal, investindo na sua compreensão com um sentido não normativo e não prescritivo. A pesquisa seguiu uma perspectiva de estudo de caso múltiplo, abordando os contextos de formação e arquitetura, bem como a organização científico-pedagógica dos cursos em relação às dimensões: abrangência curricular, articulação entre teoria e prática, abertura curricular, fomento à investigação e interdisciplinaridade. Em ambos os casos, emerge uma visão economicista da formação, embora sua incidência na arquitetura de formação seja diversa. Em Portugal, faz-se por meio de um mestrado sequencial de Bolonha, e, no Brasil, por meio de mecanismos de precarização e flexibilização profissional, ainda que uma perspectiva integradora se faça presente.
  • A gestão das IES privadas sem fins lucrativos diante dos tensionamentos da mercantilização da educação superior e o caso das universidades comunitárias regionais: a caminho do hibridismo?

    Fioreze,Cristina (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2020-04-01)
    Resumo: O artigo resulta de estudo de campo de universidades comunitárias regionais do Rio Grande do Sul, um segmento dentre as instituições privadas sem fins lucrativos brasileiras. Está contextualizado no processo de mercantilização da educação superior, marcado pelo crescimento intenso das instituições de educação superior (IES) com fins lucrativos, a partir do qual o setor privado em sentido lato ganhou novas feições, tensionando as tradicionais instituições sem fins lucrativos a comportamentos de mercado. Analisa as mudanças no modelo de gestão das universidades comunitárias diante do novo contexto e em que medida ainda há espaço para o princípio da colegialidade. A pesquisa ocorreu em quatro universidades, por meio de entrevistas com 12 gestores e pesquisadores, 3 de cada IES. A reflexão sobre os dados inspirou-se na análise de práticas discursivas. Tendo como referência o conceito de universidade híbrida, identificou-se que as IES comunitárias revelam preocupações com a profissionalização da gestão e a superação de um modelo demasiadamente semelhante ao das IES públicas estatais, evidenciando trajetória de aproximação com uma perspectiva empresarial. Porém, estão empenhadas em preservar a colegialidade, embora deva ser revista a forma como esta se efetiva dentro das IES, de modo a torná-las mais ágeis e próximas da realidade. Há potencial para acomodar um modelo híbrido, capaz de equilibrar a aproximação ao mercado com a preservação dos valores da educação superior como bem público.
  • Ensino e aprendizagem da prática baseada em evidências nos cursos de Enfermagem e Medicina

    FERRAZ,LUCIMARE; Schneider,Luana Roberta; Pereira,Rui Pedro Gomes; Pereira,Altamiro Manuel Rodrigues Costa (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2020-04-01)
    Resumo: Este artigo tem por objetivo apresentar o relato de uma experiência pedagógica de desenvolvimento dos três elementos da prática baseada em evidências (PBE). O trabalho foi realizado com estudantes dos cursos de Medicina e Enfermagem de duas universidades, uma pública e uma comunitária, do Sul do Brasil. Os resultados demonstraram que essa ação apresentou elevado potencial para motivar uma postura mais ativa dos estudantes diante da aquisição de conhecimentos, além da aproximação com o contexto dos serviços de saúde.
  • Os Cursos On-line Abertos e Massivos (Mooc) como ambientes heutagógicos

    Agonács,Nikoletta; Matos,João Filipe (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2020-04-01)
    Resumo: Os Cursos On-line Abertos e Massivos, conhecidos como Mooc (Massive Open Online Course), são ambientes de aprendizagem únicos em virtude da grande dimensão e do alcance global de participantes. A criação de ambientes de aprendizagem para grandes públicos é extremamente complexa e levanta muitas questões de desenho devido à diversidade da origem, da competência e das experiências prévias dos participantes. A teoria de aprendizagem emergente, a heutagogia, deve ser considerada quando se trata do desenho pedagógico de um Mooc. No entanto, o potencial dessa teoria no desenho desses cursos ainda não foi examinado profundamente. Este artigo tem como objetivo mapear a literatura dos dois campos de investigação envolvidos, nomeadamente na área dos Mooc e da heutagogia, a fim de proporcionar uma compreensão extensa e profunda sobre o potencial da teoria heutagógica para o desenho de um Mooc. Os resultados desta análise indicam que existe um hiato entre o ambiente de aprendizagem do Mooc, que requer uma elevada autonomia por parte dos participantes, e as características do público-alvo que se revela despreparado para participar desse tipo de curso, aumentando a necessidade de entender melhor os aprendentes em termos de sua prontidão para aprender no ambiente Mooc.
  • Entre pesquisa e docência: notas sobre o projeto formativo stricto sensu em Educação Física

    Teixeira,Fabiane Castilho; Souza,Juliano de; Broch,Caroline; Barbosa-Rinaldi,Ieda Parra (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2020-04-01)
    Resumo: A qualificação docente e a formação de pesquisadores constituem as principais finalidades da formação no domínio stricto sensu no Brasil. O artigo resultante de pesquisa empírica teve por objetivo investigar o projeto de formação da pós-graduação stricto sensu em Educação Física. Foi realizada uma análise documental e o laboratório empírico que deu suporte à pesquisa foi constituído pelo Programa de Pós-Graduação em Educação Física da Universidade Federal do Paraná (PPGEDF) e pelo Programa de Pós-Graduação Associado em Educação Física da Universidade Estadual de Maringá e da Universidade Estadual de Londrina (PEF/UEM-UEL). Dessa forma, foram verificados os regulamentos internos disponíveis em seus sítios virtuais e as propostas dos programas. A sociologia figuracional de Norbert Elias foi mobilizada para leitura, interpretação e análise dos dados. Foram evidenciados dois projetos pautando a lógica formativa da pós-graduação em Educação Física, um que situa a pesquisa como elemento valorativo, outro que prestigia a docência. Concluiu-se que uma perspectiva de conciliação das duas lógicas pode favorecer o processo formativo no domínio stricto sensu nessa área.
  • Sobre uma práxis interdisciplinar: aproximações e proposições conceituais

    Ramos,Luiza Olivia Lacerda; Ferreira,Rosilda Arruda (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2020-04-01)
    Resumo: Este artigo se propõe a levantar novas possibilidades para o debate teórico-metodológico sobre a interdisciplinaridade. Para isso, põe na centralidade da discussão uma proposição conceitual de práxis interdisciplinar que busca superar abordagens que privilegiam dimensões epistemológicas, pragmáticas ou atitudinais da interdisciplinaridade. Com base em uma pesquisa teórica, que se situa no campo das investigações epistemológicas, ao mesmo tempo em que analisa criticamente as abordagens em referência, apresenta reflexões, anunciando elementos constitutivos do que as autoras nominam de práxis interdisciplinar.
  • Bases neuroeducativas do papel das ilustrações: uma proposta de análise de livro didático

    Silva,Kleyfton Soares da; Fonseca,Laerte Silva da (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2020-04-01)
    Resumo: As ilustrações em livros didáticos são recursos importantes para a compreensão do estudante sobre o que elas representam. As cores, a qualidade e o nível de representação da ilustração podem facilitar ou dificultar o entendimento da sua mensagem. O objetivo desta pesquisa foi construir uma ficha de análise de ilustrações de livros didáticos com base em princípios de aprendizagem que consideram o funcionamento cognitivo relativo à atenção e à memória. Inspirou-se nos procedimentos metodológicos adotados por Silva e Fonseca (2015, 2017), que consideraram: identificar justificativas teóricas que auxiliem no entendimento da aprendizagem por meio de ilustrações; definir as categorias de análise; e testar a ficha de análise por meio da avaliação de um capítulo de livro de matemática do 1º ano do ensino médio. O referencial teórico consistiu de abordagens educativas discutidas pelas áreas da psicologia, como a Teoria da Aprendizagem Multimídia e alguns princípios que a sustentam, bem como de noções da neurociência cognitiva quanto às funções cognitivas “atenção” e “memória”. A ficha de análise se mostrou funcional, podendo ser aplicada em diversos contextos que envolvam a avaliação de aspectos gráficos em livros didáticos.
  • Inserção na docência da Academia Militar das Agulhas Negras: a perspectiva dos professores

    Almeida,Anderson Magno de; Ambrosetti,Neusa Banhara (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2019-12-01)
    Resumo: Este artigo teve como objetivo analisar os desafios de atuação docente, no contexto do ensino superior militar, na perspectiva dos professores da Academia Militar das Agulhas Negras (Aman). O referencial teórico apoia-se nas contribuições de autores que vêm discutindo o processo de inserção de profissionais e o seu desenvolvimento na carreira docente em instituições civis de ensino. Foi realizada pesquisa qualitativa, a partir da aplicação de um questionário (com questões discursivas e objetivas de múltipla escolha) e análise documental. A pesquisa contou com a participação de 47 docentes de um total de 95. O questionário foi respondido por meio eletrônico, sendo garantido o anonimato dos participantes. A análise dos dados demonstrou que 55% dos docentes que compunham a amostra foram graduados na própria instituição, portanto, vinham do ensino superior militar, enquanto 45% foram graduados em instituições civis. Os resultados demonstraram ainda que há diferentes percepções sobre o processo ensino-aprendizagem e sobre os desafios da carreira docente, no contexto do ensino superior militar, as quais podem estar associadas à trajetória acadêmica e aos vínculos institucionais anteriores.
  • Os debates sobre educação moral, caráter e conduta do indivíduo nas primeiras décadas do século 20 e seus reflexos na atualidade

    Pizolati,Audrei Rodrigo da Conceição; Alves,Alexandre (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2019-12-01)
    Resumo: A educação moral é um tema que periodicamente volta à pauta das políticas educacionais brasileiras. Essa discussão tem suas raízes nas propostas pedagógicas das primeiras décadas do século 20. Moralizar o corpo social foi um anseio compartilhado por eugenistas, pedagogos, políticos, sanitaristas e higienistas, que temiam que a sociedade se “degenerasse” devido às precárias condições de moradia e higiene e aos maus hábitos da população como vícios e doenças venéreas. Este artigo visa problematizar algumas dessas propostas, analisando como os estudos referentes à hereditariedade biológica e ao determinismo sociocultural pautaram as propostas pedagógicas no início do século passado, quando foram dados os primeiros passos para a construção de um sistema nacional de ensino no Brasil. Para isso, fizemos uma análise histórica dos debates na I Conferência Nacional de Educação, realizada em Curitiba, no ano de 1927, assim como de outros documentos da época. A pesquisa pretende contribuir para a compreensão do debate sobre as propostas educacionais relativas à formação moral do caráter e da conduta dos indivíduos. Com base no estudo desenvolvido, percebe-se que, antes de se pensar a escola, se debateu sobre o tipo de sujeito que seria alvo da ação educativa, o que demonstra que a necessidade de moralização dos hábitos desde a infância era uma das prioridades da época e pautava os debates educacionais. Esses debates oscilaram entre o determinismo biogenético e a influência do meio como fatores determinantes da conduta humana. Ecos dessas discussões ainda ressoam no presente, nas propostas para a formação moral que hoje transitam entre o ideário progressista e o liberal-conservadorismo.
  • Ensino de língua portuguesa escrita na educação bilíngue de surdos: questões a partir de narrativas de professores da Baixada Fluminense

    Calixto,Hector Renan da Silveira; Ribeiro,Amelia Escotto do Amaral; Ribeiro,Alexandre do Amaral (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira, 2019-12-01)
    Resumo: A Lei nº 10.436/2002 e o Decreto nº 5.626/2005 determinam o ensino de língua portuguesa escrita para surdos, o que é corroborado pelo Plano Nacional de Educação (PNE) 2014-2024. Essas determinações impactam a formação docente e o fazer pedagógico nos anos iniciais, especialmente em contextos bilíngues e em espaços geograficamente identificados como periferias urbanas. Este artigo, de caráter original, discute como professores que atuam em salas de aula inclusivas e bilíngues percebem os desafios decorrentes do ensino de língua portuguesa escrita para surdos. Com base em princípios da pesquisa-ação, analisaram-se narrativas de professores dos anos iniciais da educação bilíngue de surdos da Baixada Fluminense. Buscou-se, nessas narrativas coletadas em um curso de extensão sobre ensino de português escrito como segunda língua, mapear concepções e expectativas dos professores em relação à aprendizagem de português escrito por surdos. Os resultados permitem, na concepção dos professores, apontar questões como: a essencialidade do entendimento da aprendizagem do português escrito por alunos surdos, na perspectiva da interculturalidade, como forma de ampliar horizontes culturais e de relacionamento com os outros; a necessidade de espaços de compartilhamento de saberes e fazeres docentes; o resgate de conhecimentos que permitam pensar pedagogicamente sobre saberes e fazeres; e o destaque do planejamento e de proposição de atividades que atendam às especificidades do ensino de português escrito como segunda língua para surdos (PL2S).

View more