Show simple item record

dc.contributor.authorSouza, Rubin
dc.date.accessioned2022-03-16T21:51:04Z
dc.date.available2022-03-16T21:51:04Z
dc.date.created2022-03-15 00:31
dc.date.issued2014
dc.identifieroai:philpapers.org/rec/SOUAAD-4
dc.identifierhttps://philpapers.org/rec/SOUAAD-4
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/20.500.12424/4150447
dc.description.abstractPretendeu-se estudar a aquisição da virtude em Aristóteles a partir da interpretação de M. F. Burnyeat. Para esse, a virtude aristotélica exige dimensões cognitivas e emocionais, sendo que ao aprendiz não basta conhecer os princípios e as regras gerais da ação, mas deve ter internalizado, através do hábito, uma vontade de praticar ações nobres e justas. Compete ao sujeito virtuoso, portanto, ter o conhecimento do que é correto (the that), assim como, subsidiariamente, a justificativa do porquê é apropriada determinada ação (the because). Da análise dessas variáveis, o autor procura esclarecer a figura conflituosa do akratic (incontinente) e do akalastos (perverso) e elucidar a hipótese do desenvolvimento moral. Concomitantemente este artigo pretende introduzir o problema criminológico da ideia de ressocialização ou da pena capital, entendendo ser o argumento aristotélico ainda influente para a filosofia da virtude e jurídica hodierna e necessário quando se discutem novos paradigmas éticos e jurídicos.
dc.languagept
dc.language.isopor
dc.subjectPhilosophy
dc.titleA aquisição da virtude em Aristóteles a partir da obra "Learning to be good" de M. F. Burnyeat -uma discussão sobre a ressocialização e a pena de morte
dc.typeinfo:eu-repo/semantics/article
ge.collectioncodeGA
ge.dataimportlabelOAI metadata object
ge.identifier.legacyglobethics:18114206
ge.lastmodificationdate2022-03-15 00:31
ge.lastmodificationuseradmin@novalogix.ch (import)
ge.submissions0
ge.oai.exportid149453
ge.oai.repositoryid4212
ge.oai.streamid2
ge.setnameGlobeEthicsLib
ge.setspecglobeethicslib
ge.linkhttps://philpapers.org/rec/SOUAAD-4


This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record