Show simple item record

dc.contributor.authorFernandes,Maria Dilnéia Espíndola
dc.contributor.authorGouveia,Andrea Barbosa
dc.contributor.authorBenini,Élcio Gustavo
dc.date.accessioned2019-09-23T13:46:51Z
dc.date.available2019-09-23T13:46:51Z
dc.date.created2018-01-11 14:41
dc.date.issued2012-06-01
dc.identifieroai:scielo:S1517-97022012000200005
dc.identifierhttp://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-97022012000200005
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/20.500.12424/48043
dc.description.abstractApresentam-se resultados de pesquisa utilizando como fonte o banco de dados Relação Anual de Informações Sociais (RAIS), do Ministério do Trabalho e Emprego. O objetivo é verificar informações sobre remuneração de professores de ensino médio nas capitais brasileiras e, ao mesmo tempo, refletir sobre o potencial dessa base de dados para a análise. A opção por um recorte analítico relativo a professores de ensino médio deve-se à constatação de que, para o período compreendido entre 1996 e 2008, os dados sobre tais empregos estavam mais bem informados na RAIS, embora ela apresente certa irregularidade nas informações sobre o setor público. O período histórico selecionado deve-se à hipótese de que a política de fundos vigente entre 1998 e 2006, que priorizou o ensino fundamental, poderia ter efeito negativo na remuneração de professores de ensino médio. Para analisar as médias de remuneração, utilizaram-se o salário mínimo e o Índice de Preços ao Consumidor (IPC) como indexadores que permitem comparação do poder aquisitivo no período. Este estudo exploratório parece confirmar uma relação negativa, esperada, entre a priorização do ensino fundamental via políticas de fundos e a remuneração dos professores de ensino médio; além disso, evidencia o afastamento entre a valorização do salário mínimo nacional e a política de valorização do magistério, e, finalmente, expõe fragilidades da RAIS para o trabalho com os dados de remuneração do setor público de forma desagregada. Todavia, a coincidência entre os resultados deste trabalho e de estudos que se debruçaram sobre outras bases de dados indica a pertinência da continuidade das análises.
dc.format.mediumtext/html
dc.languagept
dc.language.isopor
dc.publisherFaculdade de Educação da Universidade de São Paulo
dc.relation.ispartof10.1590/S1517-97022012000200005
dc.rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess
dc.sourceEducação e Pesquisa v.38 n.2 2012
dc.subjectPolítica Educacional
dc.subjectRAIS
dc.subjectRemuneração de professores de ensino médio
dc.titleRemuneração de professores no Brasil: um olhar a partir da Relação Anual de Informações Sociais (RAIS)
dc.typeinfo:eu-repo/semantics/article
ge.collectioncode1517-9702
ge.dataimportlabelOAI metadata object
ge.identifier.legacyglobethics:12384131
ge.identifier.permalinkhttps://www.globethics.net/gel/12384131
ge.lastmodificationdate2018-01-11 14:41
ge.lastmodificationuseradmin@pointsoftware.ch (import)
ge.submissions0
ge.oai.exportid149512
ge.oai.repositoryid1796
ge.oai.setnameEducação e Pesquisa
ge.oai.setspec1517-9702
ge.oai.streamid2
ge.setnameGlobeEthicsLib
ge.setspecglobeethicslib
ge.linkhttp://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-97022012000200005


This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record