Show simple item record

dc.contributor.authorLeão,Geraldo
dc.contributor.authorNonato,Symaira Poliana
dc.date.accessioned2019-09-23T13:46:53Z
dc.date.available2019-09-23T13:46:53Z
dc.date.created2018-01-11 14:41
dc.date.issued2012-12-01
dc.identifieroai:scielo:S1517-97022012000400004
dc.identifierhttp://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-97022012000400004
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/20.500.12424/48066
dc.description.abstractO artigo discute alguns resultados de uma pesquisa qualitativa realizada entre 2009 e 2011 que investigou as trajetórias de jovens participantes do Programa ProJovem Urbano (Programa Nacional de Inclusão de Jovens) no ano de 2009, em Belo Horizonte, Minas Gerais. Procurou-se compreender a vivência da condição juvenil pelos participantes do programa a partir de suas experiências de escolarização e trabalho e de seus projetos de futuro, para assim compreender os significados e sentidos do programa para eles. Na primeira etapa da pesquisa, foram aplicados 103 questionários a fim de construir um breve perfil socioeconômico dos alunos. Após o levantamento inicial dos dados, duas turmas foram selecionadas e observadas. Posteriormente, foram selecionados dez jovens para a realização de entrevistas semiestruturadas. A pesquisa revelou uma maioria de mulheres, negros e jovens em condições precárias de trabalho ou desempregados e com uma sociabilidade restrita em relação a outros estratos da população. Evidenciou-se que as desigualdades sociais têm uma importância central nas trajetórias de vida desses jovens, com impactos marcantes em suas experiências atuais e em suas expectativas em relação ao futuro. Com base nesse solo comum, foi possível perceber uma diversidade de experiências a partir das quais são produzidos diferentes significados e motivações em relação à escolarização, o que delimitava também a relação construída com o programa. De uma maneira geral, a busca pela certificação escolar era o principal interesse dos participantes.
dc.format.mediumtext/html
dc.languagept
dc.language.isopor
dc.publisherFaculdade de Educação da Universidade de São Paulo
dc.relation.ispartof10.1590/S1517-97022012005000016
dc.rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess
dc.sourceEducação e Pesquisa v.38 n.4 2012
dc.subjectJovens
dc.subjectEducação
dc.subjectPolíticas públicas
dc.titlePolíticas públicas, juventude e desigualdades sociais: uma discussão sobre o ProJovem Urbano em Belo Horizonte
dc.typeinfo:eu-repo/semantics/article
ge.collectioncode1517-9702
ge.dataimportlabelOAI metadata object
ge.identifier.legacyglobethics:12384154
ge.identifier.permalinkhttps://www.globethics.net/gel/12384154
ge.lastmodificationdate2018-01-11 14:41
ge.lastmodificationuseradmin@pointsoftware.ch (import)
ge.submissions0
ge.oai.exportid149512
ge.oai.repositoryid1796
ge.oai.setnameEducação e Pesquisa
ge.oai.setspec1517-9702
ge.oai.streamid2
ge.setnameGlobeEthicsLib
ge.setspecglobeethicslib
ge.linkhttp://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1517-97022012000400004


This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record