Show simple item record

dc.contributor.authorPereira,Gabriela Augusta Mateus
dc.contributor.authorSantos,Ana Maria Pujol Vieira dos
dc.contributor.authorLopes,Paulo Tadeu Campos
dc.date.accessioned2019-09-23T12:51:54Z
dc.date.available2019-09-23T12:51:54Z
dc.date.created2018-01-11 14:49
dc.date.issued2017-06-01
dc.identifieroai:scielo:S0100-55022017000200251
dc.identifierhttp://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022017000200251
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/20.500.12424/7943
dc.description.abstractRESUMO Introdução Devido à importância da radiologia da pesquisa médica no diagnóstico e prevenção de doenças e seu potencial tecnológico atual e futuro, são necessárias constantes avaliações sobre a dinâmica curricular desta especialidade. Objetivo Avaliar o perfil curricular da área radiológica nos cursos de Medicina, Fisioterapia e Biomedicina oferecidos em Instituições de Ensino Superior públicas e privadas da Região Sul do Brasil. Material e métodos A matriz curricular dos cursos foi analisada, sendo levantados dados sobre disciplinas cujos nomes estariam relacionados à área radiológica (DRARs). Foi utilizada a estatística descritiva para a análise dos dados. A proporcionalidade de carga horária (CH) das DRARs nos cursos foi feita pela correlação entre a CH total do curso e a CH destinada às DRARs, por meio da análise do coeficiente de correlação de Pearson. Para verificar a existência de padronização do estudo de radiologia entre os cursos, foi realizado o teste t de Student, com nível de significância p < 0,05. Resultados A CH média encontrada nos cursos foi de 58 horas. O curso de Biomedicina possui a maior média de CH quando comparado com os cursos de Medicina e Fisioterapia. Foi observada alta variância nos cursos com relação à CH das DRARs. Os cursos de Medicina e Biomedicina mostraram correlação positiva, isto é, quanto maior a CH total do curso, maior a CH direcionada para as DRARs. Já no curso de Fisioterapia, foi detectada uma fraca correlação negativa, isto é, quanto maior a CH total do curso, menor a CH direcionada para as DRARs. Na comparação dos três cursos, a Biomedicina apresentou maior correlação positiva, com maior espaço em CH destinado ao objeto deste estudo. Conclusão Os resultados indicaram os cursos de Biomedicina e Medicina com as maiores médias de carga horária e Biomedicina com o maior espaço em carga horária, assim como alta heterogeneidade no ensino de radiologia entre os cursos e entre os mesmos cursos de diferentes instituições. Apesar de apresentar limitações, por não analisar quais conteúdos, competências, atitudes e habilidades são ensinados nas disciplinas pesquisadas, este estudo contribui para o debate acerca do perfil curricular dos cursos da área radiológica.
dc.format.mediumtext/html
dc.languagept
dc.language.isopor
dc.publisherAssociação Brasileira de Educação Médica
dc.relation.ispartof10.1590/1981-52712015v41n2rb20160054
dc.rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess
dc.sourceRevista Brasileira de Educação Médica v.41 n.2 2017
dc.subjectEducação Médica
dc.subjectRadiologia
dc.subjectCurrículo
dc.titleO Ensino da Radiologia: uma Análise dos Currículos da Área da Saúde de Instituições de Ensino Superior na Região Sul do Brasil
dc.typeinfo:eu-repo/semantics/article
ge.collectioncode0100-5502
ge.dataimportlabelOAI metadata object
ge.identifier.legacyglobethics:12401441
ge.identifier.permalinkhttps://www.globethics.net/gel/12401441
ge.lastmodificationdate2018-01-11 14:49
ge.lastmodificationuseradmin@pointsoftware.ch (import)
ge.submissions0
ge.oai.exportid149512
ge.oai.repositoryid1796
ge.oai.setnameRevista Brasileira de Educação Médica
ge.oai.setspec0100-5502
ge.oai.streamid2
ge.setnameGlobeEthicsLib
ge.setspecglobeethicslib
ge.linkhttp://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022017000200251


This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record