Show simple item record

dc.contributor.authorSilva,Thiago Nogueira
dc.contributor.authorBorges,Natália Maria Tavares Ferreira
dc.contributor.authorSantana,Melissa Mota
dc.contributor.authorPereira,Mayara Novais
dc.contributor.authorPignaton,Paula Nascimento
dc.contributor.authorSacramento,Janaína Santos
dc.contributor.authorAquino,Maria de Fátima
dc.contributor.authorQuadros,Márcia Verônica Caldeira
dc.contributor.authorVieira,Regina Lino
dc.contributor.authorMelo,Adélia Maria Carvalho de
dc.date.accessioned2019-09-23T12:52:36Z
dc.date.available2019-09-23T12:52:36Z
dc.date.created2018-01-11 14:49
dc.date.issued2012-03-01
dc.identifieroai:scielo:S0100-55022012000300008
dc.identifierhttp://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022012000300008
dc.identifier.urihttp://hdl.handle.net/20.500.12424/8431
dc.description.abstractO trabalho em saúde realizado em termos da Atenção Básica por meio da Estratégia Saúde da Família (ESF) tem-se caracterizado por uma divisão parcelar do trabalho entre profissionais de saúde cada vez mais especializados e dependentes do trabalho de outros, perdendo, assim, autonomia e resolutividade. Percebe-se a atuação de equipes extremamente fragmentadas, nas quais cada profissional meramente executa a parte que lhe cabe no processo, sem se preocupar com o resultado geral e abstendo-se do seu papel social. O objetivo deste trabalho é relatar como essa tendência pôde ser verificada em uma Equipe de Saúde da Família no bairro do Salobrinho, no município de Ilhéus - BA, por universitários participantes do Programa de Ensino pelo Trabalho para a Saúde (PET-Saúde) vinculado à Universidade Estadual de Santa Cruz, Ilhéus - BA, e sua tentativa de modificar a realidade a partir do uso de metodologias participativas para valorização da equipe.
dc.format.mediumtext/html
dc.languagept
dc.language.isopor
dc.publisherAssociação Brasileira de Educação Médica
dc.relation.ispartof10.1590/S0100-55022012000300008
dc.rightsinfo:eu-repo/semantics/openAccess
dc.sourceRevista Brasileira de Educação Médica v.36 n.1 suppl.2 2012
dc.subjectSaúde da Família
dc.subjectPessoal de Saúde
dc.subjectFormação de Recursos Humanos
dc.subjectRelações Comunidade-Instituição
dc.titleA equipe na estratégia de saúde da família: uma experiência do PET-Saúde
dc.typeinfo:eu-repo/semantics/article
ge.collectioncode0100-5502
ge.dataimportlabelOAI metadata object
ge.identifier.legacyglobethics:12401931
ge.identifier.permalinkhttps://www.globethics.net/gel/12401931
ge.lastmodificationdate2018-01-11 14:49
ge.lastmodificationuseradmin@pointsoftware.ch (import)
ge.submissions0
ge.oai.exportid149512
ge.oai.repositoryid1796
ge.oai.setnameRevista Brasileira de Educação Médica
ge.oai.setspec0100-5502
ge.oai.streamid2
ge.setnameGlobeEthicsLib
ge.setspecglobeethicslib
ge.linkhttp://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0100-55022012000300008


This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record